Publicado por: Amir Somoggi | 17/junho/2009

Real Madrid 2009, a lógica de Florentino

O atual presidente do Real Madrid, Florentino Pérez mais uma vez causou um grande frisson no mercado global do futebol, com suas recentes contratações milionárias. A idéia do presidente do clube merengue é reeditar o projeto dos galácticos, contratando os melhores jogadores do mundo.

Indiscutivelmente em sua primeira passagem pelo Real Madrid, Florentino Pérez obteve êxito mercadológico em sua estratégia, transformando o clube no time de maior receita do esporte global, à frente de seus concorrentes europeus e franquias norte-americanas. Por outro lado, o projeto em termos esportivos apresentou um excelente resultado no curto prazo, mas em pouco tempo apresentou uma série de falhas em termos esportivos, o que acabou resultando na saída de Pérez do comando do clube.

Com seus investimentos atuais, Florentino prova que está disposto a tentar mais uma vez, por meio de grandes contratações, mudar o atual cenário do clube, que além da falta de títulos, viu seu arqui-rival Barcelona conquistar todos os campeonatos que disputou.

Bernabeu

A pergunta que todos se fazem é: O Real Madrid tem recursos para contratar a peso de ouro os melhores jogadores do mundo em meio a uma crise financeira?

A resposta é sim, pelo menos até o momento, já que segundo minha análise o clube gerou nos últimos 4 anos 96 milhões de euros em superávits. Na temporada 2007-08 os gastos salariais representaram 46% de suas receitas e se considerando a amortização dos contratos dos jogadores, esse percentual atingiu 68%, o que demonstra equilíbrio em sua gestão.

Um outro dado interessante é analisar as dívidas do clube, que atingiram 563 milhões de euros na temporada 2007-08, sendo que cerca de 22% desse montante são dívidas de curto e longo prazo relacionadas à aquisição de jogadores.

Com as novas contratações o Passivo do clube deve crescer muito, principalmente na rubrica entidades desportivas credoras e também sua folha salarial, o que pode trazer um desequilíbrio financeiro em sua gestão.

A aposta de Florentino é que como em sua gestão anterior, seus gastos serão equilibrados com uma profunda melhora em suas receitas, que passaram de 138 milhões de euros na temporada 2000-01 para 365,8 milhões de euros na temporada 2007-08, evolução de 165%.

A questão que deve ser discutida é que o momento do futebol europeu é bem diferente do início da década, já que outros clubes se desenvolveram muito no período, principalmente o Barcelona, que projeta receitas de 380 milhões de euros nessa temporada e hoje é clube com mais torcedores/simpatizantes na Europa.

Além disso, em minha opinião será muito difícil que nos próximos anos o Real Madrid consiga ampliar no mesmo ritmo suas receitas de marketing, mídia e estádio, que já cresceram profundamente desde 2001. Assim acredito que a aposta de Florentino é que seu projeto atual traga títulos e novos recursos.

Assim a meu ver o projeto atual do Real Madrid é uma aposta arriscada, considerando que o clube pode ter dificuldade de conquistar os títulos tão esperados e viver em constante pressão por bons resultados em campo.

Caso isso ocorra, o clube pode ver seu projeto naufragar e ter dívidas muito altas para pagar, para os mesmos clubes que podem vencê-lo nas competições.

Anúncios

Responses

  1. De bate pronto: o melhor marketing esportivo é a vitória.

    E isso é algo imprevisível. Corroborando com vc, é um investimento arriscado.

    Sobre a questão do marketing em si, não há por onde crescer mesmo, parece que está definido: serão alguns contratos publicitários por um bom tempo (caso os jogadores renderem) e uma latente venda de camisas no curto prazo. Dando uma equilibrada também a curto prazo.

    O Real Madrid deveria seguir o exemplo do Barcelona e fazer um trabalho muito bom (longo prazo) nas categorias de base. Pois, possuem barganha o suficiente para tal e para manter as pratas em casa. Montando um time competitivo, ganhando títulos, e contratando estrelas já consagradas para alavancar seu marketing e dar qualidade em campo. A receita será consequência.

    Abraços

    Olá Ricardo,

    Não concordo com sua afirmação, para mim o melhor marketing esportivo é muito mais do que vitórias em campo, assunto que abordamos muito aqui no blog.

    As vitórias potencializam o marketing dos clubes, mas não podem ser o fator crítico de sucesso de uma estratégia.

    Realmente as falhas de Real Madrid, Chelsea, etc são não investir pesado em projetos de formação de jogadores e acreditar que contratações resolvem todos os problemas.

    Se o clube for bem em campo as receitas crescem, mas se o projeto naufragar, as receitas não virão no ritmo necessário e o clube pode ter problemas sérios.

    Um abraço.

    Amir

  2. Eu acho que tudo na vida tem riscos e assumir riscos faz parte dos negócios inclusive no futebol. É o caso do Ronaldo, quando foi contratado pelo Corinthians boa parte da imprensa foi cética e achava que seria um furo n’agua. Agora que os resultados aparecem, o marketing vem atrás e deverá propiciar um retorno elevado no ano de 2009.
    A mesma coisa penso do Real Madri, se os resultados positivos acontecerem o retorno estará garantido.

    Olá Charles,

    Sem dúvida o risco faz parte de qualquer negócio, mas o futebol é um pouco diferente de outros segmentos.

    Em quais empresas 30 profissionais consomem quase a metade do faturamento da companhia? E duas contratações representam 41% da receita total gerada?

    As receitas que podem crescer pelo bom desempenho em campo diretamente( CL, matchday e bônus de patrocinadores) podem ajudar o clube a aumentar seus ganhos, mas não equilibraram as contas com contratações. O Real terá que desenvolver ainda mais suas atuais ações de marketing.

    O segredo de um time campeão é foco na gestão do futebol ( que faltou muito ao clube merengue nos últimos anos), investimento de longo prazo na formação de jogadores e claro, sorte…

    Ao que parece o Real está apostando boa parte de suas fichas na variável sorte.

    Um abraço.

    Amir

  3. No campo esportivo vejo que a estratégia do Real em não valorizar a base é errada, ao contrario do rival Barcelona que foi campeão de tudo com 7 jogadores criados no clube.
    Mesmo com o maior centro de treinamento já construído o Real prefere investir em contratações estrangeiras , isso reflete na seleção espanhola que só conta com 2 jogadores merengues.

    Olá Ricardo,

    Concordo com você e para complementar, o clube vai perdendo sua identidade local em razão de seu projeto de globalização.

    A diferença para o Barcelona é que o clube quanto mais se globaliza, mais fortalece seus valores culturais, sociais e históricos.

    Um abraço.

    Amir

  4. Amigos,

    Vejam a matéria publicada essa semana no site Sport Business sobre o empréstimo do Real Madrid para pagar suas contratações.

    Um abraço.

    Amir

    Published on Sportbusiness.com (http://www.sportbusiness.com)
    Real Madrid secures transfer funds
    By Kevin McCullagh
    Created 16/06/2009 – 08:25

    Spanish newspaper Expansion has reported that Real Madrid has obtained funds to cover the Kaka and Cristiano Ronaldo transfers from banks Caja Madrid and Grupo Santander.

    Caja Madrid – full name Caja de Ahorros y Monte de Piedad de Madrid, SA – a savings bank, and Grupo Santander, one of Europe’s biggest banking groups, yesterday loaned Real Madrid €75 million each. Expansion reports that the loans will be guaranteed by television rights sales by Mediapro, which broadcasts the team’s matches.

    Expansion did not say where it had got its information.

  5. La inversión de Florentino ya parece obscena.

    Buen blog!
    Saludos de Buenos Aires.

    Hola,

    Bienvenido, contamos con tu participación con opiniones y noticias del fútbol negocio argentino..

    Un abrazo.

    Amir

  6. Amir,

    Não leve ao pé da letra… Mas é o essencial; com todos os complementos que vc citou…

    E sobre essa notícia que você publicou, imagine se esses jogadores não renderem? Tá certo que o faturamento deles é alto. Mas será desgastante pagar o empréstimo.

    E partindo pra uma esfera maior, fora o Santander, o Caja Madrid balançou bastante com a crise. E recebeu ajuda financeira do governo, agora repassando uma boa quantia ao Real Madrid. Que coisa…

    Aqui uma nota sobre:
    http://www.jornaldenegocios.pt/index.php?template=SHOWNEWS&id=370224

    Abs

    Olá Ricardo,

    Compreendo sua colocação por se tratar do Real Madrid, mas grande parte dos clubes do mundo nem vive essa realidade de títulos e há bons exemplos de marketing agressivo..

    Obrigado pelo link, bem interessante pensar que o governo mais uma vez acaba, mesmo que indiretamente, ajudando o clube.

    O clube está apostando alto e salvou a janela de transferências que prometia ser bem desaquecida.

    Um abraço

    Amir

  7. Caro Amir, fiz uma postagem nesse sentido em meu blog, vou transcrevê-la aqui se me permitir:

    A intrigante política do Real Madrid.

    Imagine um clube com um novo presidente que traz consigo 159 milhões de euros e contrata os dois últimos melhores jogadores do mundo. Diga-se de passagem que o Milan não soube vender Kaká, ao contrário do Manchester United com o Cristiano Ronaldo.

    O mesmo time já havia praticado a mesma política antes, montou um esquadrão (no ataque), conquistou alguns títulos e depois da saída desse mesmo presidente, se encaminhou para o ostracismo.

    Faz um bom tempo que o Real não tem destaque no continente europeu, o que para um time com as despesas que tem é complicado, mas esse tipo de política de contratações, ao meu ver, traz mais males que benefícios. Me explico.

    Como benefício cito que o time deixa de ser ordinário e passa a ter um ataque altamente criativo e torço pelos verdadeiros espetáculos que estão por vir quando esse novo time se encaixar.

    Agora os males:

    Alguém se lembra do último grande jogador que o Real Madrid revelou? Raúl é a resposta, e hoje ele mais atrapalha (com sua influência negativa) do que ajuda. Alguém deveria aposentá-lo e presenteá-lo com um cargo no clube.

    Investimentos em estrelas formadas são caros e minam as categorias de base do clube, basta ver que mesmo sem as grandes estrelas internacionais o real não conseguiu formar nenhum jogador de destaque.

    Craques de fora, raramente criam uma identificação com o clube como têm os nacionais Iniesta e Xavi no Barcelona. Kaká, como exceção que é, conseguiu isso no milan.

    Na primeira leva de “Galáticos” os investimentos foram todos pro ataque e a defesa dava arrepios, será que dessa vez aprenderam a lição? Será que dessa vez alguém contrata um lateral direito de verdade pelo menos? Esperemos.

    A briga de egos aumenta na proporção da quantidade de estrelas juntas num time, dá trabalho controlar. Mais uma vez destaque para o Kaká que tem uma humildade até incomum para um jogador.

    E o futuro? A Deus pertence ou tem alguém no Real se ocupando disso?

    No mais, espero que o time dê certo, até por que no papel está atraindo muitos olhos, loucos pra ver um verdadeiro show nas competições europeias.

    Abraços

    Olá Daniel,

    Obrigado pelo texto.

    O Real Madrid bem que poderia vir aprender como formar craques com o SPFC, Inter, CAP, Cruzeiro, etc,…

    Um abraço

    Amir

  8. O Real Madrid tem encontrar o equilibrio entre o futebol competitivo e o jogo bonito, já que se espera um futebol melhor que o Barcelona.

    O problema de time cheio de craques é quando um jogador deixa de ser um atleta e vira um astro ex. Beckham. Kaka e C. Ronaldo não combinam, acho que vão se estranhar.

    O marketing é importante mas o Real não pode se desviar do principal objetivo que é ganhar titulos.

    Olá Marcel,

    Você está correto, no futebol atual o equilíbrio entre o marketing e o futebol é a essência do sucesso ou fracasso de um projeto.

    Embora o departamento de marketng seja a cada dia mais importante para os clubes, a alta administração precisa compreender que as abordagens mercadológicas não podem afetar a perfomance dos times.

    E esse foi o principal motivo da saída de Florentino em sua primeira passagem pelo Real Madrid.

    Um abraço.

    Amir

  9. Com certeza risco total, quero ver o Kaká e C. Ronaldo jogando juntos, fora a esperança de Ribery e Villa, e nem comento Raúl.

    Afinal, quem neste time vai marcar? jogadores citados acima são jogadores que não sabem marcar, é um projeto arriscado aonde o Real Madrid está em baixa e tem que ganhar algum titúlos importante para a midía ajudar a eles, se caso não acontecer as coisas não vão ser fácieis. O time tem 5 anos sem passar pela Champions League em um mundo Globalizado como posso dizer que eles perderam alguns fãs , principalmente na Ásia aonde trás bons lucros.

    Olá Jair,

    Realmente o time precisa de um projeto esportivo e não apenas de marketing.

    E para complementar, o clube perdeu torcedores na Europa e para ninguém menos que seu arqui-rival, o Barça.

    Um abraço.

    Amir

  10. (off topic)

    19/06/2009

    Após Palestina, Corinthians e Flamengo podem jogar em Israel

    Thales Calipo
    Em São Paulo

    A ideia de realizar um “jogo da paz” entre Corinthians e Flamengo no território palestino foi tão bem aceita que a medida pode ser estendida a Israel. Um representante do país entrou em contato com a direção do clube rubro-negro e propôs que a excursão dos dois times brasileiros pelo Oriente Médio seja “esticada”.

    “Eu tive uma reunião com o advogado Sylvio Kelner, que afirmou estar representando o embaixador de Israel, e ele disse que também gostaria de fazer um jogo. Como essa partida no território palestino está sendo organizada pelo governo, passei os contatos do Ministério das Relações Exteriores e vou aguardar”, afirmou Delair Dumbrosck, presidente do Flamengo.

    Além do time carioca, o Corinthians também mostrou interesse neste novo amistoso, segundo o mandatário rubro-negro. O grande empecilho, no entanto, está no calendário do futebol brasileiro. O presidente do Flamengo espera que o governo intervenha para que a CBF disponibilize datas para a realização dos amistosos.

    “Você ir e fazer um jogo é uma coisa, mas fazer duas partidas demanda, pelo menos, mais dois dias. Nós temos problemas de data, mas pensamos que os amistosos podem ocorrer ainda neste segundo semestre, isso se a CBF concordar em transferir ou adiar alguns dos nossos jogos pelo Brasileiro”, completou Dumbrosck.

    Na última semana, as diretorias do Corinthians e do Flamengo confirmaram a realização de um amistoso no território palestino. A medida, promovida pelo Ministério das Relações Exteriores, tem como objetivo tentar diminuir as tensões na região, em ação semelhante à realizada em 2004, quando a seleção brasileira viajou ao Haiti e enfrentou o selecionado local.

    http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2009/06/19/ult59u199226.jhtm

    Olá Thiago,

    Obrigado pela matéria.

    Se essas partidas acontecerem, será ótimo para os clubes e sua marcas.

    Um abraço.

    Amir

  11. Acho que a bolha do futebol está prestes a estourar, como aconteceu com as .com… A paixão está cada vez mais cedendo espaço para a realidade do mundo que vivemos e contratações estratorféricas como essa só afirma o que a Carlota Perez afirmou sobre as .com 15 anos antes da crise.

    É esperar e ver…

    Abraço…

    Esporte Social – Esporte, sociabiliação e saúde! http://www.esportesocial.com

  12. Olá Amir, adorei o seu bolg e gostaria de lhe fazer um convite.
    Sou Profa da Estácio/Uniradial de SP e faço parte da organização de um evento que ocorrerá entre os dias 08/09 e 10/09 no campus Jabaquara. Gostaria de saber se existe a possibilidade da sua presença em oferecer uma palestra aos nossos alunos dos cursos de comunicação social.
    Aguardo seu retorno.
    Abraços,
    Juliana
    jcristina@radial.br


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: