Publicado por: Amir Somoggi | 10/junho/2009

Um bem para o futebol francês

Amigos há algum tempo eu publiquei um post sobre o modelo de gestão da Liga Francesa, exemplo único de administração no futebol europeu. Embora a gestão da Ligue 1 e Ligue 2 seja extremamente profissional, privilegiando o controle nas finanças dos clubes, transparência e rígida regulação, o mercado francês nos últimos anos não conseguiu fortalecer mercadologicamente sua principal competição, consequência dos seguidos títulos conquistados pelo Lyon, principal clube do país atualmente e pela falta de bons resultados de seus clubes nas competições européias.

Bordeaux

Entretanto o título conquistado pelo Bordeaux na temporada 2008-09, time que ficou em 2º lugar na temporada 2007-08, foi um verdadeiro prêmio para o mercado francês, já que barrou a recente hegemonia do Lyon.

Uma outra questão interessante é compreender a diferença gigantesca entre os dois clubes, provando que mesmo em mercados desenvolvidos, times com menor potencial comercial e reduzidos gastos salariais, podem apresentar desempenho superior nas competições. O atual campeão francês apresentou receitas de cerca de 68 milhões de euros na temporada 2007-8, nada menos que 3,1 vezes menos que o gerado pelo Lyon. Já os gastos salariais do Bordeaux são a metade do heptacampeão francês.

Um dado interessante é que o montante recebido pelo Bordeaux com direitos televisivos domésticos não é muito distante do recebido pelo Lyon, graças aos critérios de divisão do contrato televisivo coletivo da Liga (lembrando que na temporada passada o Lyon sagrou-se campeão). Por outro lado a participação do contrato televisivo da Ligue 1 na receita total dos clubes é bem diferente, já que para o Lyon, o montante recebido representou 21% de sua receita total, enquanto que para o Bordeaux, os valores recebidos foram responsáveis por 82% da receita gerada pelo clube na temporada passada.

Assim embora a diferença do Lyon para os demais clubes seja altíssima, a vitória do Bordeaux é um verdadeiro bem para o futebol francês, que sempre buscou trazer um equilíbrio entre os clubes. A questão é saber se esse título é um momento vivido pela Liga Francesa ou se indica alguma mudança em seu atual cenário esportivo.

About these ads

Responses

  1. Muito bem pontuado o tema do seu texto, já era hora do Lyon perder a Liga francesa para alguém, hegemonia não é boa em área alguma (vide ditaduras de esquerda ou de direita espalhadas pelo mundo).

    Nisso nosso futebol é bem superior aos europeus, temos vários times competindo pelo caneco do Brasileirão todos os anos, tudo bem que houve esse tempo de o São Paulo ser tri-campeão, mas esse ano tudo volta ao normal. Lembrando que o São Paulo foi premiado por se preparar melhor para o campeonato no formato de liga (pontos corridos).

    O que falta aos clubes daqui é a formação de uma liga geral e forte, para terem mais poder de barganha junto aos patrocinadores das competições.

    Saíndo um pouco mais do assunto… li que o Santander investiu incríveis 7,2 milhões de euros na para dar seu nome à Taça Libertadores da América (fico me imaginando a mixaria que os outros patrocinadores pagaram), a que se deve valor tão baixo?

    Abraços.

    Daniel Tavares/ Blog do Tavares

    Olá Daniel,

    Realmente a supremacia do Lyon não é nada positiva para o futebol francês, que busca um reconhecimento global.

    Embora o mercado brasileiro tenha potencial para se tornar diferenciado das outras Ligas, ainda não consigo enxergar esse “Melhor Campeonato do Mundo”, que muitos alardeiam. Temos sim muitos clubes que podem ganhar o título, mas há 3 anos o campeonato está sempre nas mãos do SPFC e muitos times apresentam um nível técnico bastante baixo…

    Sem dúvida uma Liga Profissional no Brasil é uma solução clara para muitos problemas que enfentamos atualmente, mas não creio que tenhamos a realidade da Europa e EUA, visto que aspectos políticos e interesses dos clubes grandes sempre acabam prevalecendo.

    Uma Liga somente é forte se é administrada para todos e não para alguns e principalmente que seja gerida por executivos remunerados, onde os clubes não tenham ingerência na operação da entidade, somente nas decisões estratégicas, como sócios fundadores.

    Um abraço.

    Amir

  2. Acho que o futebol deve ser um dos únicos esportes em que acontece este tipo de situação – de um clube muito inferior financeiramente eventualmente conseguir vencer um difícil campeonato, de 38 rodadas.

    Olá Gustavo,

    Realmente o futebol gera esse tipo de situação, mas tenho estudado as Ligas Americanas e vejo em alguns casos isso ocorrer. Por exemplo, o Yankees é o time da MLB que mais gasta em salários e contratações, mas nem sempre chega à World Series.

    Um abraço.

    Amir

  3. Amir

    O ideal no Brasil seria 2 Ligas Independentes, cada liga teria 2 divisões com 20 clubes no sistema de pontos corridos, para haver equilibrio tecnico e comercial separaria os grandes clubes e o campeão brasileiro seria decidido em jogo unico entre os campeões da primeira divisão das ligas.

    Acho que a idéia é interessante já que no total teria 80 clubes, as ligas seriam administradas pelos clubes e seria possivel acabar com o monopolio da tv.

    Olá MArcell,

    Na Europa há diferentes modelos. Em minha opinião o ideal seria uma Liga Profissional que incluisse os 20 times da Série A e os 20 times da Série B, similar aos principais mercados europeus.

    Com relação aos direitos televisivos, a Liga seria mais forte para negociar esses direitos, impondo regras para fortalecer a Liga como um todo.

    Um abraço.

    Amir

  4. As Ligas seriam realmente ótimas, mas como o Amir muito bem falou, deveria haver uma divisão igualitária de direitos e deveres. Fico imaginando se os nossos times “grandes” (principalmente de Rio-SP) iriam querer estar no mesmo patamar de clubes daqui do meu nordeste, por exemplo.
    Complicado…

    Abraços

    Olá Daniel,

    Relamente esse é o ponto que dificulta a criação de uma Liga no Brasil, a busca pelo equilíbrio da Liga como um todo.

    Obviamente para que isso ocorra os grandes clubes teriam que abrir mão de receitas de TV, o que parece utópico na nossa atual realidade.

    Um abraço.

    Amir

  5. Queria que você fala-se sobre o Real Madrid ou o Manchester United, com esses títulos ganhos e essas compras do Real Madrid, sendo que o time não tem passado da Oitavas de Finais á 5 anos, Obrigado.

    Olá Jair,

    Realmente a vida do Real Madrid na CL não está fácil e creio que o clube aposta tudo em chegar à final da competição. E para isso conta com os gols de suas duas novas estrelas.

    O Manchester embora sofra com dívidas criadas pela compra do Glazer, montou um time extremamente competitivo e conseguiu mesmo tendo pesados prejuízos, colher benefícios esportivos, fruto do rígido planejamento de seu departamento de futebol.

    Um abraço.

    Amir

  6. Ao contrario do Daniel Tavares, eu acho que as mudanças de lideres no campeonato brasileiro é um sinal de fraqueza, nao de força.

    Em todos os grandes campeonatos europeos, os 4 primeiros sao sempre os mesmos : na espanha, inglaterra, italia e assim.

    No Brasil, fora o Sao Paulo, nehum time consegue se manter muitos anos seguidos no G4.
    Por falta de estrutura, impossibildade de guardar os melhores jogadores, fraqueza na preparaçao psicologica.

    A hegemonia de um time pode nao ser boa para um campeonato mas o que o Lyon fez, ganhar 7 vezes seguido, ninguem mais vai conseguir fazer. Tem que ser muito forte a todos os niveis para conseguir essa proeza.

    Olá Stephane,

    Muito bom seu comentário. Sem dúvida a performance do Lyon é fruto acima de tudo de uma excelente trabalho do clube, tanto em termos esportivos, como mercadológicos e financeiros.

    Entretanto em qualquer Liga do mundo a falta de times disputando diretamente o título enfraquece a competição.

    A Série A do Brasil tem um pontencial de se tornar um campeonato altamente competitivo, com até 8-10 clubes disputando a ponta. Mas desde 2003 isso ainda não tornou-se realidade.

    Um abraço.

    Amir


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 28 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: