Publicado por: Amir Somoggi | 18/novembro/2008

Novas arenas nos EUA

O Sports Business Journal dos EUA publicou em sua última edição de outubro uma matéria extensa analisando os 100 anos do investimento em sports facilities no país. A matéria é muito interessante e apresenta uma completa cronologia da evolução das arenas nos EUA, mercado mais desenvolvido sobre o assunto no Mundo.

 

Mesmo com a atual crise financeira que assola o país, novas arenas estarão prontas em 2009 e 2010 e consumirão bilhões de dólares em investimento. Apenas considerando os principais projetos de sete novos estádios, serão gastos nada menos que US$ 5,8 bilhões, mais de 2,7 vezes o que foi investido na Copa do Mundo da Alemanha.

 

Jogo de despedida no Yankee Stadium

yankees

 

Segundo o Sports Business Journal há atualmente cerca de 36 novos projetos de estádios, arenas e centros de treinamento em andamento nos EUA, que estarão prontos entre 2009 e 2010.

 

O NY Yankees na temporada de 2009 já vai mandar seus jogos no novo Yankee Stadium, com custo de construção de US$ 1,3 bilhão e segundo estimativas do mercado norte-americano as receitas anuais com o novo estádio devem crescer cerca de 35% superando US$ 255 milhões em receitas anuais já em 2009. Em 2008 o Yankees levou 4,3 milhões de torcedores a seus 81 jogos em casa.

 

O estádio que será compartilhado entre os times da NFL, NY Giants e o NY Jets, com custo de construção de US$ 1,7 bilhão que vai ficar pronto em 2010 também deve apresentar profunda evolução em geração de receitas dos times. Atualmente os dois clubes geram juntos cerca de US$ 106 milhões em vendas de ingressos e levaram mais de 1,2 milhão de torcedores em 16 jogos em casa. Há a possibilidade que novo contrato de naming rights  do estádio atinja o valor recorde de US$ 900 milhões.

 

O Citigroup vai pagar US$ 400 milhões em 20 anos pelo naming rights do novo estádio do NY Mets que leva cerca de 4 milhões de torcedores por temporada.

 

Assim mesmo com a crise no mercado norte-americano e o possível desaquecimento da economia, a perspectiva de geração de receitas para os maiores players do mercado aparentemente está assegurado. Caso isso não se confirme, os times terão sérios problemas para pagar seus financiamentos relacionados à construção dos novos estádios.

 


Responses

  1. Amir, e o que falar sobre os mais de 50 milhões de reais (dinheiro público) gasto para a reforma do “Bezerrão”, com capacidade de míseros 20 mil torcedores? Milhões para um estádio que será usado como centro de treinamento para a Copa, até então.

    Olá Leandro,

    Realmente é um desperdício de recursos.

    Mas como falei em um antigo post a Copa de 2014 nesse momento segue mais princípios políticos do que técnicos.

    Um abraço.

    Amir

  2. Acho que eles estão arriscando… pois como está escrito… se não acontecer as coias como eles planejam eles estarão ferrados…

    Mas eles não são bobos… levam ganhando dinheiro faz tempo e dificilmente erram em seus planejamentos…

    E no Brasil parece que ninguém quer investir… nem no futebol… pois os clubes não são profissionais… mas parece que estão começando a se organizar melhor…

    Olá Rodrigo,

    Há o risco da desaceleração do gasto do torcedor e também um sério problema com patrocinadores, principalmente do segmento financeiro, seguros e veículos. Embora os valores dos naming rights estejam securitizados, o Citigroup, por exemplo, prometeu US$ 400 milhões e acaba de divulgar que vai demitir mais de 50 mil postos de trabalho no mundo.

    Um abraço.

    Amir

  3. […] Fonte. […]

  4. e o estádio do palmeiras?? eu ouvi falar q eles fizeram um seguro com a Allienz agora pra caso a construtora não tenha dinheiro pra terminar a construção mais já tão atrasadas as obras perto do q os dirigentes tinham prometidos no cmoeço do ano.

    Olá Eduardo,

    Não tenho nenhuma informação sobre o assunto, acredito que o melhor é aguardarmos para saber quando as obras serão iniciadas.

    Um abraço.

    Amir

  5. Amir, mais um estádio que vc poderia citar é o New Cowboys Stadium, que vai passar também da faixa de 1 bi de dóloares. Esse estádio vai ter, por exemplo, um telão do tamanho de uma quadra de futsal além do teto retrátil e arcos que viraram moda com estádios como wembley, olímpico de atenas e, no brasil, olímpico joão havelange.

    Olá Gustavo,

    Realmente o novo estádio do Cowboys , que ficará pronto em 2009, será um dos mais modernos do mundo. O custo realmente é de US$ 1 bi e segundo pesquisa publicada no Sports Business Journal com executivos de marketing esportivo dos EUA, deve ser a arena que trará mais inovações para o mercado de stadia facilities.

    Um abraço.

    Amir

  6. Olá, amir.

    Com ou sem crise, a humanidade caminha para um futuro onde o esporte e o lazer vão ocupar cada vez mais uma parcela maior da atenção do tempo e do orçamento das pessoas. essa tendência já vem sendo observada há 20 anos e não dá sinais de desaceleração. É por isso que as grandes corporações continuam apostando no esporte.

    Olá Georgios,

    Realmente a leisure and entertainment Industry apresentou um ritmo de crescimento muito acima do PIB global nas últimas décadas.

    Entretanto, embora muitos acreditem no contrário, em momentos de forte recessão (2009 deve ser um ano muito complicado), o consumidor corta seus gastos supérfulos(que inclui o ócio), em função da falta de dinheiro ou desemprego e isso pode afetar as receitas com as arenas.

    Um outro problema é a crise no mercado corporativo, que pode afetar os recursos com patrocínios e venda de camarotes.

    Um abraço.

    Amir

  7. No fraco post ” Planejamento sem estratégia “, de março, vc escreveu que a Visa bancou e idealizou toda a reforma do Setor Visa no Palestra Itália.

    Agora, vc pode tb pode dizer o mesmo em relação ao SPFC. E ainda pode acrescentar que tal time copiou o Palmeiras. Estou aguardando o seu post falando que a Visa é quem idealizou e quem vai financiar a reforma lá no morumbi….

    E como aquele post continha dados errados, que foram contestados à época, aqui vai uma notícia atualizada ( de hoje ) extraída do portal Uol ( http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas/2008/11/21/ult59u178569.jhtm ):

    ” No Parque Antarctica, por exemplo, em que o ingresso inteiro para o setor Visa é de R$ 45, a taxa de ocupação média é de 74%, segundo a empresa. ”

    Ou seja, a taxa de ocupação do Setor Visa se mostra extremamente elevada, depois de quase 1 ano. O resultado é excelente, ao contrário do que vc dava a entender naquele post tendencioso.

    Marcos,

    Não considero o post tendencioso, somente questionei que o clube não iniciou a temporada em seu estádio pela reforma do gramado, e logo a seguir alugou para um show.

    Sobre a Visa defendo o projeto e sempre falo que foi uma mudança no nosso cenário. Fico feliz que o SPFC vai também melhorar o serviço para o seu torcedor.Agora gostaria de saber se o clube trabalha a base de dados, ou essa informação é da Outplan?

    Outra questão importante é saber se o Palmeiras tivesse sido elimindado no Paulistão e tivesse ficado na 15ª posição da Série A, se o espaço teria essa ocupação? (Esse é um problema crônico do nosso futebol, não apenas do Palmeiras). Veja os públicos do clube na Sul-Americana.

    Talvez você não tenha lido, mas te convido a ler o post Motivação do Torcedor-II, falando do Palmeiras e exaltando o seu ticket médio e % de Ocupação.

    https://futebolnegocio.wordpress.com/2008/11/11/motivacao-do-torcedor-ii/

    Esse post você considera tendencioso?

    Amir

  8. Caros,

    Acabei de ler na FutebolFinance notícia sobre a construção do novo estádio da Juventus. Não entendi direito, ele será construído em cima do Delle Alpi, que será demolido, é isso?

    Olá Antonio,

    A Juve realmente precisa reverter seu baixo nível de geração de receitas com estádio, a sua pior fonte de recursos atualmente.

    O clube vai fazer uma reforma no estádio, que até onde eu sei, já era arrendado por um período de mais de 90 anos de exploração.

    Um abraço.

    Amir

  9. Olá Amir.

    Cara, estou espantado com esse números. Bilhões para construir um estádio, namerights milhonários etc.

    O que é o soccer perto disso ai?

    Acompanharei o Baseball mais de perto, um esporte que movimenta essas cífras tem alguma coisa de diferente.

    Ou é o americano que é megalomaníaco?

    E só uma pergunta de quem não conhece nada da Liga Americana de Baseball, como um time faz 80 jogos por ano no seu estádio?

    Só pra encerrar, o soccer, não era o esporte mais praticado no mundo?

    Obrigado e parabéns por mais um excelente post.

    Olá Rodrigo

    O soccer está em um processo de crescimento que deve se intensificar nos próximos anos, com a entrada de mais clubes na Liga, quem sabe até de clubes europeus e principalmente pela construção de estádios somente para as franquias da MLS dedicados exclusivamente ao futebol.

    Esse é um post sobre a MLS, o mercado brasileiro pode, se seguir preceitos de marketing e gestão similar ao utilizado nos EUA, nos próximos anos ser um mercado muito mais representativo em termos econômicos que a MLS.
    https://futebolnegocio.wordpress.com/2008/10/08/franquias-da-mls-faturam-37-vezes-menos-que-os-clubes-brasileiros/

    Realmente os números nos EUA são incríveis, eles não são megalomaníacos, apenas trabalham em um mercado de marketing esportivo altamente profissional e muitos clubes sabem que precisam de serviços para o torcedor mais qualificado, para ampliar o ticket médio atual.

    Times da MLB jogam até 4 vezes em uma semana e jogos seguidos em casa. Por essa quantidade de partidas é a LIga que mais torcedores leva em valores absolutos no munbdo, 79 milhões de torcedores.

    O futebol é o maior esporte do planeta e movimenta cifras superiores ao mercado americano como um todo( Sports Business Industry nos EUA).

    Um abraço

    Amir

  10. QUERIA PRIMEIRAMENTE, PARABENIZAR PELO O BOLG…MAS TENHU UMA PERGUNTA QTO EH O VALOR MEDIO DE UM INGRESSO NO LIGA DE BASEBOL..?
    COMO ELES CONSEGUEM TAMANHA RECEITA COM UM ESPORTE MENOS DIFUNDIDO MUNDIALMENTE …(DO Q. O FUTEBOL)
    E COM CERTEZA O BONÉ MAIS VENDIO OW MAIS COPIADO DO MUNDO EH NY…TAH NA CABEÇA DOS QUATRO CANTOS DO MUNDO…

    ABRAÇO…. T_X_I……….TRI-HEXA

    Olá Bruno,

    O ticket médio do gasto do torcedor na MLB e o % de ocupação dos estádios e arenas é o mais baixo entre as Big 4 Leagues. O valormédio não supera US$ 30,00 por torcedor.

    A quantidade de jogos no ano faz com as franquias faturem alto com bilheteria, mesmo com um ticket baixo.

    Essa última temporada o público da MLB caiu um pouco em relação a 2007.

    Um abraço.

    Amir

  11. HÁ 32 ANOS, O BRASIL, E O RIO DE JANEIRO EM PARTICULAR, SE ESPANTARAM COM O ACONTECIMENTO QUE PASSOU A SER CONHECIDO COMO “A INVASÃO CORINTHIANA”.

    DENTRO DO MARACANÃ, MAIS DE 70 CORINTHIANOS PROPORCIONARAM UM ESPETÁCULO INESQUECÍVEL. O NÚMERO TOTAL DE FIÉIS QUE SE DIRIGIRAM À CIDADE MARAVILHOSA FOI AINDA MAIOR.

    FOI O MAIOR DESLOCAMENTO HUMANO, NÃO PROVOCADO POR GUERRAS OU CATÁSTROFES, EM TODA A HISTÓRIA.

    .

    “Uma coisa é certa: – não se improvisa uma vitória. Vocês entendem? Uma vitória tem que ser o lento trabalho das gerações. Até que, lá um dia, acontece a grande vitória. Ainda digo mais: – já estava escrito há seis mil anos, que em um certo domingo, de 1976, teríamos um empate. Sim, quarenta dias antes do Paraíso estava decidida a batalha entre o Fluminense e o Corinthians.

    Ninguém sabia, ninguém desconfiava. O jogo começou na véspera, quando a Fiel explodiu na cidade. Durante toda a madrugada, os fanáticos do timão faziam uma festa no Leme, em Copacabana, Leblon, Ipanema. E as bandeiras do Corinthians ventavam em procela. Ali, chegavam os corinthianos, aos borbotões. Ônibus, aviação, carros particulares, táxis, a pé, a bicicleta.

    A coisa era terrível. Nunca uma torcida invadiu outro estado, com tamanha euforia. Um turista que, por aqui passasse, havia de anotar no seu caderninho: – “O Rio é uma cidade ocupada”. Os corinthianos passavam a toda hora e em toda parte.

    Dizem os idiotas da objetividade que torcida não ganha jogo. Pois ganha. Na véspera da partida, a Fiel estava fazendo força em favor do seu time. Durmo tarde e tive ocasião de testemunhar a vigília da Fiel. Um amigo me perguntou: – “E se o Corinthians perder?” O Fluminense era mais time. Portanto, estavam certos, e maravilhosamente certos os corinthianos, quando faziam um prévio carnaval. Esse carnaval não parou. De manhã, acordei num clima paulista. Nas ruas, as pessoas não entendiam e até se assustavam. Expliquei tudo a uma senhora, gorda e patusca. Expliquei-lhe que o Tricolor era no final do Brasileiro, o único carioca.

    Não cabe aqui falar em técnico. O que influi e decidiu o jogo foi a torcida. A torcida empurrou o time para o empate.

    A torcida não parou de incitar. Vocês percebem? Houve um momento em que me senti estrangeiro na doce terra carioca. ”

    (texto do genial dramaturgo e tricolor fanático Nelson Rodrigues, publicado em O GLOBO, no dia 06 de dezembro de 1976)

    .

    IMAGENS DA INVASÃO:

    http://br.youtube.com/watch?v=Jm7b6P1f6ck

    http://br.youtube.com/watch?v=PGZtJts27CA&feature=related

    http://br.youtube.com/watch?v=GQmoG4sDVuM&feature=related

    http://br.youtube.com/watch?v=s6SK2GzAR1k&feature=related

  12. Eqto isso, no Brasil…?
    Os diretores d clubes, empresários do ramo e organizadores d 2014 estão …esperando… o Q ?

    Olá Marko,

    Acredito que após a escolha das cidades-sedem quem sabe a coisa evolua um pouco no Brasil.

    Um abraço.

    Amir

  13. E por falar em Arena, acredito q no caso Corintiano por ex. acredito q o mais prático seria talvez transformar o Parque São Jorge numa Arena moderna como alguns Estádios Ingleses ( d tamanho semelhante ao Pq. São Jorge ) mais alambrado d vidro blindado à la Bombonera; do q ficar nessa lenga-lenga d décadas atrás d 1 estádio grande ( aliás recurso político-eleitoral mto providencial p/certos dirigentes/políticos ), mais um.

    Falando em time Paulista e Praticidade, como torcedor e palpiteiro rs rs Tb acredito q o mais prático e justo p/o curto ( campeonato Paulista ) Paulistão – até pelo calendário apertado Não seja o sistema d Pontos corridos mas sim por Ex. o Esquema Copa do Mundo – 8ªs d final, 4ªs d final fechando com ou Semifinais/Finais ou Quadrangular Final.

    Realmente o assunto calendário no Brasil gera grandes e longas discussões.

    Um abraço.

    Amir


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: