Publicado por: Amir Somoggi | 9/maio/2008

Paulistão 2008: Público e receitas de bilheteria

O Campeonato Paulista de 2008 apresentou dados de público presente nos estádios e receitas líquidas para os clubes mandantes acima da edição de 2007. Considerando os 202 jogos realizados o público total foi de quase 1,4 milhão de torcedores, uma evolução de mais de 16% em relação ao ano anterior. As 19 rodadas iniciais levaram 1,2 milhão de torcedores e os jogos das semifinais e finais (incluindo a disputa pelo título do interior) levaram 166,6 mil torcedores aos estádios. Minha análise tomou como base os borderôs das partidas que cada clube mandante realizou.

 

Já as receitas líquidas geradas pelos clubes cresceram em uma proporção muito maior que o público e atingiram R$ 18,6 milhões, uma evolução de mais de 53% em relação à edição de 2007. Os jogos da fase inicial representaram 78% desse montante, sendo que esses 190 jogos classificatórios corresponderam a 94% de todos os jogos da competição. Esse resultado expressivo foi ocasionado pelo excelente ticket médio líquido de muitos jogos da competição, nas fases finais e também em confrontos de clubes pequenos contra clubes grandes no interior do estado na fase inicial.

 

O maior destaque no quesito receitas líquidas foi o campeão Palmeiras, que em 12 jogos disputados gerou R$ 4,85 milhões, sendo responsável por 26% do montante líquido gerado pela competição, enquanto que em termos de público o campeão paulista de 2008 foi responsável por 16% de todos os torcedores que compraram ingressos no Paulistão 2008.

 

O campeão Palmeiras, maior destaque em receitas de bilheteria (Foto: GloboEsporte.com)

 

 

O São Paulo foi o segundo colocado em receitas líquidas em toda a competição com um montante de R$ 2,47 milhões, seguido do Corinthians com R$ 1,77 milhão e da Ponte Preta com R$ 1,37 milhão gerados. 

 

Se considerarmos apenas a fase inicial o Palmeiras gerou R$ 1 milhão a mais que o Corinthians,  segundo colocado em receitais líquidas até a 19ª rodada e R$ 1,2 milhão a mais que o São Paulo, terceiro colocado em receitas líquidas na fase inicial.

 

Entre os grandes clubes a maior decepção em geração de receitas líquidas foi o Santos que amargou a 12ª posição entre os clubes que mais arrecadaram, com um valor total gerado de R$ 434,6 mil, atrás de clubes como Portuguesa, Juventus e Marília, que também não se classificaram para a fase final e que se beneficiaram de receitas geradas em jogos com seu mando em confrontos contra os grandes.

 

Esse Paulistão, em minha opinião, comprovou uma tese que defendo há muito tempo: mesmo com estádios precários o mercado brasileiro pode crescer muito em receitas de bilheteria, trabalhando com o conceito de ampliação do ticket médio líquido. Imaginem o potencial de crescimento que os clubes brasileiros podem ter se conseguissem desenvolver além da venda de ingressos também outras receitas em dias de jogos, impactando ainda mais o valor médio recebido de cada torcedor.

 

Esses foram os jogos com maior ticket médio líquido por torcedor no Paulistão 2008:

Esse Paulistão apresentou um ticket médio líquido em 202 jogos de pouco mais de R$ 8 por torcedor, sendo que 83% dos jogos realizados apresentaram receitas líquidas positivas.

 

Entretanto 38% dos jogos apresentaram ticket médio líquido acima de R$ 9 por torcedor, 22% acima de R$ 12 e 15% acima de R$ 17, vale lembrar que estou analisando o valor líquido recebido, descontado todos os encargos.

 

Assim mesmo um campeonato com menor apelo como o Paulista, em comparação ao Campeonato Brasileiro ou Libertadores, provou ser possível ampliar o ticket médio na venda de ingressos, já que muitos  jogos no interior de São Paulo apresentaram valores médios líquidos acima do que muitos clubes grandes apresentam em jogos da Libertadores da América. Portanto há muito espaço para crescer no nosso mercado em termos de receitas com os jogos.


Responses

  1. Amir, primeira vez que comento neste site, apesar de acompanha-lo ha muito tempo. Parabéns pelas observaçoes e pelas relaçoes apresentadas qnt so ticket medio nos etadios, porém, acredito que no quesito “jogos com maior ticket médio” os altos numeros estao relacionados à importancia do jogo (onde os clubes obviamente aumentam, e muito, o valor dos ingressos), inclusive jogos no interior onde o jogo é a atraçao do mês. Prefiro aceitar o valor médio do campeonato, 8 reais, como referencia, pois demostra que existem grandes possibilidades de aumentar este valor. Ha sim uma demanda reprimida e avida por consumir nos estadio, nao so ingressos mas sim beneficios. Vivi, num estaual este ano, uma realidade parecida onde o ticket medio do clube em questao nao ultrapasou 6,12 reais. O mesmo teve média dze publico de 7000 pessoas aproxiadamente e os ingresos a preços irrisorios (5 e 10 reais.)

    Olá Bruno,

    Obrigado pelo testemunho.

    Realmente o padrão no Brasil de ticket médio é muito baixo e com grande potencial de crescimento.

    Estou de acordo com você que esses altos tickets médios estão relacionados ao maior interesse por parte dos torcedores com algumas partidas.

    Os clubes devem se esforçar para que o torcedor enxergue nos outros jogos, até contra clubes sem expressão, grandes oportunidades de geração de receitas.

    E esses exemplos comprovam que o torcedor tem recursos para investir em ingressos, basta que seja feito um profundo trabalho de marketing para todos os jogos e não apenas para 2 ou 3 partidas.

    Um abraço.

    Amir

  2. Legal saber desses dadps. Queria saber quanto meu clube o Guarani arrecadou com bilheteria no paulistão 2008 e o Guaratinguetá clube da minha cidade. Um das maiores médias de público do Interior no Paulista

    Olá Cleber,

    O Guarani foi o último colocado em receitas líquidas geradas. Em 9 jogos com seu mando arrecadou R$ 71,64 mil. O clube de Campinas teve somente uma boa receita no jogo contra o São Paulo e 6 jogos em que apresentou resultado negativo.

    O Guarantinguetá em 11 jogos realizados gerou R$ 1,15 milhão líquidos, ocupando a 5ª posição na competição em receitas líquidas, ficando atrás somente dos 3 clubes grandes da capital e da finalista Ponte Preta.

    Um abraço.

    Amir

  3. Amir,

    Muito pertinente esta sua análise financeira do Paulistão, dá para ver que este de 2008 foi um sucesso!

    Não sei se é o momento, mas é possível fazermos uma comparação de ticket médio entre este campeonato e os de pontos corridos como foi feito nos ultimos anos?

    Um abraço e parabéns!

    Sérgio Mattos

    Olá Sérgio,

    Fico feliz que você gostou da análise.

    Esse Paulistão apresentou alguns tickets médios realmente diferenciados para o mercado brasileiro, em alguns casos acima do que alguns clubes europeus apresentam, mesmo que no geral a média seja o padrão do nosso mercado.

    Sobre a sua questão, infelizmente os valores médios líquidos por torcedor da Série A e Série B são muito baixos, já que ambas as competições a média líquida foi de menos de R$ 8.

    Um dos principais motivos é resultado da falta de investimento na visão de que os jogos dos pontos corridos têm um valor agregado alto da primeira até a última rodada.

    Um abraço.

    Amir

  4. Maurício, o conceito de ticket médio leva em conta os diversos tipos de “caronas” e gratuidades? Estou achando esse valor muito baixo!

    Olá Paulo,

    O ticket médio líquido leva em conta os dados apresentados nos borderôs das partidas. Minha análise utilizou o valor líquido recebido pelos clubes depois do pagamento de todos os encargos, dividido pelo total de torcedores que pagaram ingressos.

    Infelizmente não temos como saber quantas pesoas entraram nos estádios sem pagar, mas caso esse dado estivesse disponível seguramente o ticket médio seria ainda menor.

    Vale lembrar que 17% dos jogos tiveram resultado líquido negativo, impactando o ticket médio líquido geral da competição. Excluindo esses jogos com déficits o ticket médio líquido geral seria de R$ 10,00 por torcedor.

    Um abraço.

    Amir


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: