Publicado por: Marcos Silveira | 9/abril/2008

Carnê garante palmeirense na semifinal

Nesta quarta-feira (09/04) a Federação Paulista de Futebol confirmou o Palestra Italia como local do segundo jogo da semifinal do Campeonato Paulista, entre Palmeiras e São Paulo, no dia 20 de abril.

Imagino que todos os palmeirenses devem ter ficado satisfeitos com a notícia, mas um privilegiado grupo tem motivo de sobra para sorrir ainda mais.

Palmeiras_FutebolCard

Presidente do Palmeiras no lançamento do Setor Visa (foto: Lancenet)

Os torcedores que compraram o “pacote verde” (tema de post neste blog em 05/03) já têm lugar garantido no clássico que decide um lugar na final do Paulistão.

A informação foi confirmada por Robson de Oliveira, diretor da Outplan, empresa de tecnologia parceira do Palmeiras e da Visa no setor VIP do Palestra.

Segundo ele, as vendas do carnê para toda a temporada 2008 superaram a expectativa inicial (para o fim do estadual) de 100 unidades.

Ou seja: mais de 100 palmeirenses já têm lugar garantido (e numerado) na semifinal do Paulista. Um prêmio para quem acreditou e apostou no projeto.

Na próxima semana farei um post sobre o sistema FutebolCard, utilizado por Figueirense e Palmeiras desde o ano passado.

Anúncios

Responses

  1. Pra quem não apostava no sucesso da campanha.
    Ta aí o resultado… Pra padrões brasileiros, pelo que eu sei, é ótimo!

    Qdo a Arena estiver pronta vai ser mto melhor, pois, haverá mta visibilidade e tomare que tenha briga pra se comprar esse “Season Ticket”, o tornando mais interessante.

    Parabéns Palmeiras e Outplan por iniciarem uma renovação em nosso futebol.

    Olá Ricardo, obrigado pelo comentário!

    Na sexta-feira farei uma visita ao Palestra para saber mais sobre as estratégias e resultados da Outplan. Fique de olho aqui no blog e participe!

    Abs,
    Marcos Silveira

  2. Além de fugir dos cambistas, este é um dos motivos no qual adquiri o fieltorcedor, garantir um lugar sem maiores esforços para os jogos concorridos.

    Abraços,

    Olá Sérgio, obrigado pela participação!

    No atual cenário do futebol brasileiro, fugir dos cambistas acaba sendo um fator decisivo na compra de carnês ou no sucesso de programas do tipo sócio-torcedor.
    Mas se os clubes souberem oferecer mais vantagens e condições (como tem acontecido com vários clubes) certamente vão aumentar as receitas de ingressos por meio do valor agregado.
    O que você tem achado do “fieltorcedor”?

    Abs,
    Marcos Silveira

  3. Oi Marcos,

    O programa ainda não estreou, a estréia deve ocorrer na estréia do clube na Série B, dia 10 de maio no Pacaembu. Já está em vigencia ha pouco mais de um mes e aberto para os torcedores adquirirem.

    Eu gostei bastante do sistema, na visão do clube, garante a receita antecipada dos ingressos, deve levar mais torcedores ao estádio, gerando maior fluxo de pessoas e permitindo um maior consumo de bens e serviços do clube(se tivesse um estádio/arena própria seria muito vantajoso), portões de entrada exclusivos, além de permitir descontos aos torcedores nos planos de saúde da Medial, descontos na aquisição de jogos no PPV e canais de programação da NET, aumenta a receita por valor agregado como voce bem citou acima. Há tbm um Call Center exclusivo que sanam as duvidas 12 horas por dia da semana, exceto final de semana e feriado que são somente 6.

    Para o torcedor é comôdo e prático, uma vez que se carrega o ingresso na internet, ganha os descontos conforme falei acima, brindes como camisa oficial e outros, o custo benefício aumenta e tbm há a flexibilidade de planos que visam atender torcedores de arquibancada e numerada.

    Eu não quis fazer propaganda, rss.. mas é desta forma que encaro o programa, embora não tenha começado na prática, mas reconheço comodidade, facilidade, praticidade para o torcedor e planejamento nesta ação do clube, o que está bastante em falta nos dias de hoje.

    Obrigado pelo “retorno”, Sérgio!

    Na verdade eu sabia que o “fieltorcedor” começa a valer na estréia da Série B. Fato, aliás, que deve contribuir para o sucesso do projeto.
    O que eu queria é ter uma idéia da receptividade do plano pelo torcedor. E pela sua empolgação, está sendo boa! 😉
    O seu depoimento é ótimo porque reforça a idéia de que oferecer comodidade e vantagens para o sujeito ir ao jogo é um bom negócio. Nesse ponto o Corinthians tem feito um bom trabalho. Espero que continuem assim durante toda a Série B.
    Valeu a propaganda! hehe Certamente algum de nós fará um post sobre isso em breve.

    Abs,
    Marcos Silveira

  4. Marcos,

    Acredito que a venda de 100 carnês do Palmeiras não é motivo para tanta comemoração.

    Uma outra questão, já que estamos falando em Futebol & Negócio, acredito que embora a diretoria palmeirense tenha feito um trabalho forte para levar o jogo para o Palestra, o clube abriu mão de uma receita que poderia chegar a R$ 2 milhões líquidos (80% de tudo o que o clube gerou com o Paulista até agora) e limitou o número de palmeirenses que poderiam ver o jogo in loco.

    Um abraço.

    Amir

    Olá Amir,

    Concordo que 100 carnês é pouco para o potencial do Palmeiras. Mas parece ser um bom começo, ainda mais se considerarmos que o torcedor brasileiro não está acostumado. O importante, na minha opinião, é que ações desse tipo tenham continuidade para crescer de maneira consistente.
    Sobre a receita de bilheteria, não há dúvida de que R$ 2 milhões fazem falta para qualquer clube, mas parece que o Palmeiras está preferindo aproveitar a boa fase para espantar os fantasmas do Palestra. Até o Vanderlei Luxemburgo admitiu isso. Caso seja campeão paulista, ninguém vai lembrar desse dinheiro que o clube deixou de arrecadar…

    Abs,
    Marcos Silveira

  5. Marcos, Amir e amigos, acho sim que o Palmeiras vai lembrar desse dinheiro do qual está abrindo mão por um bom tempo…segundo a Folha de hoje, o Palmeiras tomou emprestados ontem R$ 6 Milhões para pagar os direitos de imagem atrasados, entre outras contas. E nesse momento abre mão da receita de bilheteria…

    Quanto ao aspecto técnico, realmente o clube tem suas razões; o Morumbi deixou de ser um campo neutro há uns bons anos. E quanto aos patrocinadores e parceiros do Palmeiras (como a Visa), de fato jogar no Palestra faz sentido.

    Abraço.

    Sem dúvida, Mauricio…

    É evidente que R$ 2 milhões fazem falta para qualquer clube.
    Mas o momento esportivo do Palmeiras está encobrindo os problemas financeiros.
    Mas se não vencer o Paulista, não sei não!

    Aliás, alguém sabe se já saiu o balanço 2007 do Palmeiras?

    Abs,
    Marcos Silveira

  6. Olá Marcos!

    Primeiro parabéns pelo blog, é sem dúvida um dos melhores do Brasil.

    O Paraná CLube também lançará o seu sócio-torcedor esse ano, e virá com alguns brindes, além do ingresso claro. Parece que os clubes estão acordando para o negócio futebol e cada um trabalhando dentro da sua realidade.

    Depois do lançamento comento o que achei!

    Abraço e parabéns!

    Seja bem-vindo Marcelo!

    Muito obrigado pelos elogios.
    Nosso objetivo é melhorar cada vez mais!

    Ficamos no aguardo de suas impressões sobre o sócio-torcedor do Paraná.
    Comente mais vezes!

    Abs,
    Marcos Silveira


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: