Publicado por: Marcos Silveira | 31/março/2008

Supersticioso roxo

Na última quinta-feira (27/03) o Corinthians lançou oficialmente, em parceria com a Nike, a campanha “Sou Corinthiano (sic) Roxo”.

Camisa roxa do Corinthians

Camisa roxa: aposta da parceria Corinthians-Nike

O início da venda da nova terceira camisa – roxa – foi marcado por muita polêmica e uma série de ações paralelas, como uma vitrine viva com Dentinho e Lulinha, dois jovens atletas do Corinthians (foto abaixo).

Dentinho e Lulinha na vitrine

Revelações do Corinthians na vitrine para vender a nova camisa

O site da Nike também dá um amplo destaque à campanha. Além disso, o roxo coloriu as paredes do Parque São Jorge e até o ônibus do Corinthians (foto abaixo).

Ônibus do Corinthians

Ônibus do Corinthians ganhou nova cor e o nome da campanha

Aparentemente uma boa parte da torcida corintiana, mais tradicional, não aprovou a iniciativa. Na sexta-feira os recém-pintados muros amanheceram pichados com frases contrárias à adoção da cor roxa pelo Corinthians.

O ponto alto da campanha seria o jogo deste domingo, contra o Marília, quando o time usaria pela primeira vez a nova camisa roxa.

Entretanto, minutos antes de o Corinthians entrar em campo, os repórteres que estavam no Morumbi souberam da mudança de planos: a equipe entraria com o novo modelo, mas NÃO jogaria com ele.

E foi o que aconteceu: logo depois de adentrar ao gramado, os jogadores tiraram as camisas roxas (que acabaram virando recordação para alguns torcedores de sorte) e mantiveram a branca tradicional, que estava por baixo.

Após o jogo, o presidente Andrés Sanches admitiu que a decisão de não atuar com a nova camisa foi motivada por superstição, já que a partida era decisiva para o Corinthians. A matéria do Globoesporte.com traz mais detalhes.

Eu gostaria de escrever um post apenas para elogiar a campanha corintiana. Mas a boa idéia ficou manchada por uma decisão de torcedor e não de gestor.

O episódio confirma o que este blog vem defendendo: a necessidade de os clubes terem dirigentes realmente profissionais.

E você? O que achou da camisa roxa do Corinthians? E da decisão do Andrés Sanches?


Responses

  1. Os profissionais elaboraram um bom produto, o político fez média e venceram os conservadores que maia atrapalham que ajuda. O Corinthians não está no bom caminho.

    Forte abraço!

    Seja bem-vindo ao blog Birner! Espero que goste e volte mais vezes!
    Concordo com você e lamento que a ala conservadora tenha vencido a disputa.
    Isso precisa acabar para o futebol se desenvolver e virar um negócio rentável por aqui.
    Muitas empresas que poderiam investir em clubes são afugentadas pelo amadorismo vigente.
    E o Corinthians não é o único que sofre desse mal…
    Abs, Marcos

  2. Marcos, se a nova camisa roxa já era aparentemente um sucesso de vendas mesmo antes do lançamento do produto oficial (fazendo a alegria dos camelôs e dos fabricantes das camisas piratas), será que se pode falar que a “torcida do Corinthians” não aprovou a novidade? Vi essa generalização ao menos em dois veículos: na Globo (no Globo Esporte da quinta ou sexta passada) e no Estadão.

    Essas manifestações foram feitas especialmente por torcedores organizados, e por esse simples fato já se podem questionar os valores e/ou interesses envolvidos.

    Realmente acredito que o cancelamento da estréia da camisa tenha sido motivado pela superstição, mas não descarto o receio perante a oposição desses torcedores organizados que continuam a receber uma importância e uma representatividade maior do que realmente possuem.

    De qualquer maneira, achei uma decisão lamentável, e fosse eu o responsável pelo marketing corinthiano, minha carta de demissão já estaria na mesa do presidente.

    Por outro lado, o presidente não acreditando no projeto ou não concordando com o momento de seu lançamento, certamente teria o direito (ou a obrigação profissional) de afastar os envolvidos.

    Assino embaixo seu manifesto pela necessidade da profissionalização dos gestores. Um abraço.

    Olá Maurício,
    Tenho certeza de que a maioria da torcida do Corinthians aprovou a nova camisa.
    O número de pessoas que estavam de roxo no Morumbi neste domingo comprova isso.
    Por isso escrevi que “uma boa parte” não aprovou a novidade. Provavelmente representada pelas organizadas.
    Episódios como esse explicam porque pessoas como você não trabalham num clube…
    É uma questão de compatibilidade!
    Abs, Marcos

  3. Caro Marcos,

    Obrigado pela visita em meu blog! E só para ratificar, uma outra razão foi a pressão da Gaviões da Fiel, que teve reunião com o presidente Andrez Sanchez um dia antes da partida. Mais detalhes na edição desta segunda-feira do Diário de S. Paulo, em matéria assinada pelo competente repórter Jorge Nicola. Fiz ainda um post sobre o tema lá no meu blog.

    Abração

    Seja bem-vindo Marcelo! Espero que goste e volte outras vezes!
    Não é de se estranhar que a Gaviões tenha tido participação na decisão de adiar (?) a estréia da camisa roxa.
    Certamente vou ler a reportagem do Diário de S.Paulo nesta segunda-feira, como escrevi no seu blog.
    Abs, Marcos

  4. Uma idéia genial destruída pela burrice da torcida organizada. Lamentável !

    Abraços.

    Seja bem-vindo André!
    Temos que lamentar mesmo… e cobrar mais profissionalismo dos envolvidos no futebol!
    Volte sempre e comente mais vezes.
    Abs, Marcos

  5. Marcos, será que também não existe um outro motivo por trás do adiamento: o fato de o Andrés Sanches não querer que a camisa ficasse marcada negativamente caso o Corinthians perdesse no domingo? Aí sim, acho uma boa justificativa. Mesmo assim, era algo para ser pensado antes do lançamento. Assim, por exemplo, a camisa rocha poderia ser utilizada na estréia da série B, e não em um jogo decisivo do Paulistão. Abs, e seu blog é muito bom!

    Seja bem-vindo André! E obrigado pelo elogio!
    É exatamente esse o ponto: faltou planejamento para definir o melhor jogo para estreiar a camisa…
    Espero que volte outras vezes e continue comentando.
    Abs, Marcos

  6. Ah, Marcos, mais uma coisa… você bem que poderia comentar sobre o desempenho do clube/empresa Guaratinguetá Futebol LTDA. Todo o mundo fala que os clubes deveriam se modernizar, mas quando surge um clube/empresa com nova proposta, pouco aparece na mídia.

    Olá André, obrigado pela sugestão.
    O Guaratinguetá já foi tema de pelo menos dois posts do blog:
    + Guaratinguetá (13/02)
    + Guaratinguetá na FIFA (27/02)
    E certamente será abordado em posts futuros.
    Abs, Marcos

  7. Marcos,
    a tacada de marketing do Corinthians foi um sucesso. Só se falou disso na semana, vendeu-se muito e a torcida aprovou (alguns vândalos travestidos de torcedores é que não). Mas houve dois erros básicos: primeiro, programar a estréia da camisa para um jogo decisivo. Se o time empata ou perde, estava fora do Campeonato e a camisa viraria um mico. Nunca mais o time usaria e ninguém mais compraria. O segundo erro foi anunciar a semana toda que jogaria com ela e na hora H não usar por superstição. O presidente só pensou nisso uma hora antes do jogo? E é essa a modernidade que se instalou no Corinthians? Decisões são tomadas com base na superstição?
    Depois não sabem porque a situação dos clubes brasileiros é tão ruim… Está claro que a “Gaviões” tem peso decisivo, embora seja minoria na torcida como um todo. Basta ver como a diretoria do clube fez vista grossa no ano passado aos diversos atos de intimidação desonesta feitos até em ônibus do clube em Porto Alegre, no avião que trazia a delegação e em vários treinos no Parque São Jorge.

    Assino embaixo, Milton!
    O mais grave é que até o o VP de MKT do Corinthians, Luís Paulo Rosenberg, tem valorizado a participação das organizadas.
    Recentemente ele falou isso durante participação no Arena Sportv, destacando “boas idéias” propostas pela torcida.
    Se realmente cedeu às pressões da Gaviões, o Corinthians abriu um precedente muito perigoso…
    Abs, Marcos

  8. Marcos,

    O Milton acertou em cheio em sua colocação.

    Se a diretoria já sabia que esse seria um jogo decisivo para o clube, por quê não planejou o lançamento para um momento mais oportuno?

    Além disso, será que se o Corinthians tivesse jogado com a nova camisa e vencido ( como ocorreu), não diriam exatamente o contrário,que a camisa roxa é “pé quente”?

    Um abraço.

    Amir

    Pois é Amir…
    Menos mal que o Andrés admitiu a superstição e a mudança de planos de última hora.
    Só faltava ele dizer que tirar a camisa e jogar para a torcida já estava planejado! hehe
    Abs, Marcos

  9. Infelizmente todos os comentários estão corretos.
    Mas a única duvida que eu tenho é, a Nike que supostamente tem gestores profissionais, não pensou nisso?
    Esta camisa foi apresentada no inicio de fevereiro, onde tivemos a oportunidade de comentar no blog em 22 de fevereiro/08, no post “Renascer das Cinzas” publicado pelo Maurício.
    Hora, desde fevereiro para lançar esta camisa e ninguém pensou antes, houve no mínimo uns dez jogos antes deste para ser lançado.
    A Nike já comeu varias moscas no Corinthians, uma recente foi deixar o bonde passar da Camisa “Eu nunca vou te abandonar”, também matéria do nosso blog em “Nike Tupiniquim” publicado em 06 de fevereiro/08.
    Bom é isso ai, diretoria sem profissionalismo e empresa sem competência.
    Abraço
    Francisco Ortega C J

    Você tem razão, Chico…
    É impressionante como a relação Corinthians-Nike tem tido deslizes.
    O que mais me espanta é ver dirigentes do clube criticando abertamente o parceiro, como também acontece com o Flamengo.
    Não seria melhor romper o contrato?
    Abs, Marcos

    PS. Coloquei os links nos dois posts que você lembrou. Para quem não leu, vale a pena dra uma olhada!

  10. A principio me pareceu uma ação anti-marketing do clube e nao teve minha aprovação.

    Passada a partida, vi a entrevista do Andrés que afirmara que não jogou de roxo pela superstição.

    Conhecendo bem a cultura do clube, como bom corinthiano que sou, o Andrés teve uma certa razão, calma eu não sou supersticioso a esse ponto, mas o clube valoriza muito esses valores, tem até pai de santo que trabalha lá.

    Mas devido as manifestações contrárias, que veio da parte xiita da torcida, entendeu-se por bem adiar a estréia da camisa.

    O jogo era decisivo para o time manter chances de disputar o título, e como conheço a torcida, se perdessem, uma boa parte ia associar o fracasso com a estre colocar a culpa na camisa, e todo este trabalho de marketing, que está sendo muito bem feito por sinal, teria sido em vão.

    Para preservar este grande trabalho e evitar problemas com a torcida adiou-se a estréia, somente isto, eles vão jogar com ela, mas devem pegar um jogo mais simples e menos pressão para estreiar.

    E outra, eles entraram com a camisa pelo menos, já é uma iniciativa para a torcida ir se acostumando aos poucos com a idéia.

    Me lembro que em 2006, o time estreou uma camisa preta com listras douradas contra o River na LIbertadores, muito bonita por sinal. Perderam na estréia e logo foi aposentada.

    Afinal, a cultura de um clube age sobre todas as variáveis de marketing e deve ser levada em consideração por mais inusitada que possa ser, uma vez que o clube tem uma relação com a cultura e valores dos torcedores.

    É bem provavel que se fosse eliminado ontem, os negócios projetados com a camisa roxa teria muita oposição.

    Um abraço,

  11. Só agora vi os comentários e vou tecer uma tréplica.

    O unico erro foi ter se comprometido a estrear, isso sim. Deveria ter pensado antes, agora como expus os motivos supra acima, nao ter estreado num jogo decisivo foi a melhor alternativa.

    E calma pessoal, não vamos colocar em cheque todo o trabalho que vem sendo brilhantemente feito pelo clube só por causa de nao ter estreado a camisa ontem, lembro que foi somente adiada e nada mais.🙂

    Olá Sergio,
    Também acho que o único erro de verdade foi desistir de usar a camisa em cima da hora, frustrando milhares de torcedores que estavam no Morumbi e queriam ver a novidade.
    O objetivo do post foi alertar para a necessidade de as decisões serem tomadas com mais planejamento e critério.
    Acredito que o trabalho do MKT do Corinthians tem muitos pontos positivos, mas ainda sinto falta de estratégia de longo prazo, como o Amir falou com propriedade no post “Planejamento sem estratégia”.
    Abs, Marcos

  12. A estratégia é ótima, mas peca no planejamento.
    O Corinthians não vai estrear na Série B no dia 10 de maio, no seu retorno ao Pacaembu?
    Por que não realizar o lançamento da camisa no jogo de estréia, no estádio lotado, com distribuição de presentes, ações para torcedores e presença de ídolos?

    É isso que me estranha: ações muito bem planejadas com erros bobos. Me parece, Marquinhos, que o problema é bem maior do que o parece ser.

    Sobre a torcida…é claro que ela aprovou a nova camisa. Ninguém com quem eu converso liga para piadinhas de usar o roxo ou não.

    As matérias ‘jornalísticas’ que generalizaram a opinião da torcida pelo simples fato da Gaviões da Fiel ter dito que reprovou a camisa vai justamente contra a opinião dos próprios jornalistas, que afirmam que a torcida uniformizada é formada por marginais.

    Parece que a opinião dos diretores da torcida uniformizada só vale quando ela é igual a opinião que a imprensa quer passar para o grande público.

    Grande abraço!

    Olá Renato, tudo bem?
    Bom “encontrá-lo” por aqui! Apareça mais vezes!
    Realmente o planejamento foi o grande problema deste domingo.
    Até porque já faz tempo que se anunciou a camisa roxa (em janeiro, se não me engano).
    Abs, Marcos

  13. Eu concordo com o Milton Leite, no que ele disse aqui. Acho que o grande erro foi a escolha do jogo e não o “cancelamento” da estréia do novo uniforme. Acho que se o Corinthians joga de roxo e perde, um grande produto de marketing (fonte de receita para o clube) estaria morto antes de nascer.

    Eu gosto da camisa roxa. Acho legal a iniciativa do terceiro uniforme por parte dos clubes brasileiros. Mas acho que está virando bagunça.

    Ontem no Maracanã, por exemplo, o clássico vovô entre Botafogo e Fluminense, teve um time jogando todo de branco (botafogo) e um todo de grená (fluminense). Por que não utilizar o Alvinegro e o tricolor? Um jogo importante, clássico, diante de uma grande torcida. Acho que o clássico merecia os uniformes tradicionais.

    Acho que o 3º uniforme tem que ser utilizado apenas fora de casa. Pode ser uma escolha muito tradicional da minha parte, mas acho que existem algumas caracteristicas dos clubes que não devem ser mudadas.

    Continuando no exemplo do Botafogo, me parece que eles não utilizam o uniforme principal desde o meio de março. Uns 6 ou 8 jogos já. Muito, não?

    Voltando ao Corinthians, acho que a escolha do jogo não foi boa. Como acho que a estréia na série B não deve ser com a Camisa roxa, pelo mesmo motivo. Começar a caminhada para a volta à elite, com uniforme roxo e com derrota?? Vai acabar com um belo produto de marketing.

    Olá Vinicius,
    Também acho que a escolha do jogo foi equivocada.
    Mas cancelar a estréia da camisa 15 minutos antes do jogo é pior, na minha opinião, porque evidencia falta de planejamento e de diálogo entre clube e patrocinador.
    E concordo que os uniformes principais não podem ser esquecidos.
    Enfim, essa discussão é interminável, mas precisa haver bom senso.
    Abs, Marcos

  14. A Camisa Roxa do Corinthians é legal, mas eu não queria o meu Flamengo de roxo (a nossa 3 ficou mais bonita).
    Já a decisão do Andrés foi acertada, se o Corinthians perde, a camisa ia bichar.
    Assim, a camisa segue na mídia por mais uma semana e a torcida não desiste dessa camisa roxa agora.

    Abraços e Parabéns mais uma vez pelo blog.

    Olá Pedro, obrigado pelo comentário!
    Se tem um lado positivo da superstição do Andrés é o espaço obtido na mídia até a próxima estréia da camisa.
    A minha dúvida é até que ponto não se torna uma exposição negativa.
    Participe sempre!
    Abs, Marcos

  15. Marcos Silveira, legal essa iniciativa.O Internacional por exemplo lançou a campanha 100 mil socios.E os resultados tem sido ótimos, dentro do previsto.Em uma semana 7,5 mil pessoas se associaram ao clube.A expectativa da direção é até domingo ja ter 60 mil sócios.Os consulados foram provocados pela diretoria do clube, e estão trabalhando muito.Pois os consulados que mais anguariarem socios torcedores, receberam festas do clube , sorteios , visitas especiais de dirigentes com as taças do mundial e libertadores ;;Além de 2 socios por viagem do inter, acompanharam a delegação;.toda sexta feira 30 socios sao sorteados para uma bate papo de 30 minutos na sala do presidente..Muito legal..O Inter está prestes a fechar um amistoso com o Benfica para agosto!Depois de jogar a Copa Dubai os contatos do clube aumentaram muito, principalmente com investidores arabes, que devem bancar boa parte da remodelação do beira rio visando a copa do mundo;

    Seja bem-vindo Marcos!
    Fico feliz em perceber a grande participação de leitores do Sul do país aqui do blog.
    Isso confirma o desenvolvimento de clubes como Inter, Grêmio, Figueirense, Coritiba, Atlético-PR etc., que estão sabendo criar novos produtos e ações para fidelizar o torcedor.
    No Rio Grande do Sul, inclusive, tenho a impressão de estar sendo disputado um Gre-Nal extracampo! hehe
    Obrigado pelo comentário, xará! E volte sempre!
    Abs, Marcos

  16. Concordo com alguns comentários acima, sou totalmente a favor dos clubes criarem uma terceira camisa, isso chama atenção, desperta curiosidade e gera lucro com as vendas das camisas, pois grande parte da torcida tem interesse de comprar e guardar uma camisa de seu clube que foge um pouco da normalidade. Nesse ponto, bola dentro do Corinthians que diga-se de passagem, está fazendo um bom trabalho nesse ano para apagar o péssimo 2007 em todas as áreas!!! O Milton Leite falou bem no comentário dele, como o Corinthians prepara a estréia do lançamento da nova camisa para um jogo decisivo, se algumas pessoas do clube são supersticiosas? Se o presidente estava com medo de “queimar” a nova camisa, é possível tirar duas conclusões: primeira delas e a mais grave, é de que o presidente corintiano não confia no time que ele montou contra um Marilia sem motivação nenhuma dentro do Morumbi e a segunda, é que todo o marketing feito sobre a camisa roxa, mostrando a fidelidade do torcedor, foi desfeito com uma decisão pensada a poucos instantes do jogo, ou seja, muito se gastou com tempo, dinheiro, divulgação, para em poucas horas ou até mesmo minutos, jogar essa grande idéia no lixo!
    Infelizmente ainda temos que ver muito vacilo por parte dos dirigentes brasileiros que matam grandes idéias de marketing, que contratam jogadores que não podem jogar…

    Salve Edu!
    Obrigado pelo comentário!
    Você levantou um ponto que eu não tinha me dado conta e vou pinçar do seu texto: “…o presidente corintiano não confia no time que ele montou contra um Marilia sem motivação nenhuma dentro do Morumbi…”.
    Levando em conta o que eu tenho lido (menção honrosa para o Diário de S.Paulo), fica cada vez mais difícil de acreditar que a superstição alegada pelo presidente Andrés Sanches foi o real motivo da mudança de última hora…
    Abs, Marcos

  17. Marcos, volto para levantar mais duas questões interessantes:
    1. Na minha opinião, os clubes brasileiros deveriam fazer como os da Europa, que só jogam com esses uniformes número 3 quando são visitantes e numa ciompetição específica (em geral a Liga dos Campeões). Aqui, ao contrário, eles usam a camisa em casa (vide Palmeiras, o Santos com o azul-marinho). Diante da sua torcida, deveriam usar só os tradicionais.
    2. Questão estética: aqui eles lançam “a camisa 3”. deveriam lançar o “uniforme 3”. Gosto da roxa, gosto da verde-limão. Mas o roxo com preto, no conjunto, na minha opinião, fica ruim. Assim como o verde-limão com o verde escuro. Ficaria melhor todo roxo ou todo verde-limão. Ou então combinados com o branco. Aquele todo azul-marinho que o Santos usou outro dia ficou muito melhor, no conjunto.

    Obrigado pelo comentário, Milton! Muito pertinente, como sempre…
    Fica claro que os clubes adotam a 3ª camisa sem um critério claro para utilizá-la.
    Sobre a questão de lançar o uniforme 3 inteiro (e não só a camisa), o único risco é criarem calções como aqueles que o Santos utilizou no fim da década de 90. Tinha um modelo quadriculado e outro estrelado! Lembra?😉
    Abs, Marcos

  18. Eu como corintiano me senti um idiota e vou dizer o porque:
    Fizeram uma enorme campanha e todo mundo comprou a idéia (lojistas, torcedores, patrocinadores) e na hora do grande final dão uma mancada dessa?
    Eu digo isso porque comprei a camisa e fiquei numa grande expectativa…e ai vem com esse papinho de superstição???
    Pelo menos vai jogar com a camisa amanhã contra o Fortaleza ou vai dar a desculpa se for eliminado vai ser por causa da camisa??
    O torcedor precisa entender que hoje os clubes precisam mudar as suas mentes e que o marketing é essencial para a vida dos clubes…
    Grandes times do mundo têm o 3º uniforme e não tem nenhuma relação com as cores tradicionais do clube…mas isso não significa que deixa de ser o clube….concordo que não poderia ser verde, mas com relação ao roxo ficou legal!!
    Bom era isso que eu tinha pra falar e um recado aos “corintianos tradicionais”: o que vale na camisa é o escudo do clube para identificar quem é e pelo que eu sei continua sendo “Sport Clube Corinthians Paulista”

    Seja bem-vindo Pedro!
    E muito obrigado por seu testemunho, que comprova o quão infeliz foi a decisão de adiar a estréia da camisa roxa.
    Volte sempre e continue comentando.
    Abs, Marcos

  19. camisa roxa do corithians

  20. vai corithias te amo vai que vc ganhaaaaa
    vai vai vai vai vai vai
    bjssss


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: