Publicado por: Marcos Silveira | 27/março/2008

Se o Barueri pode…

Nesta quarta-feira (26/03) finalmente consegui conhecer a Arena Barueri. Desde a inauguração do estádio, em maio do ano passado (foto abaixo), queria conferir um jogo lá, in loco, mas meus dias e horários de trabalho nunca permitiram.

Inauguração da Arena Barueri

Barueri 2 x 1 Criciúma: 12.761 pagantes estiveram na inauguração, em 26/05/2007

Apesar de não estar totalmente pronto (falta praticamente metade da arquibancada, como mostra a foto abaixo), gostei muito do que vi. As instalações são excelentes, tudo é devidamente sinalizado e a equipe de orientadores é simpática e bem treinada.

Arena Barueri ainda não finalizada

A não inclusão de Barueri como possível sede da Copa de 2014 diminuiu o ímpeto para finalizar a arena; previsão de conclusão total era fim de 2009

O ponto negativo foi o público reduzido: apenas 1.990 pessoas viram a vitória do Grêmio Barueri por 3 a 0 sobre o Noroeste, numa partida que era decisiva para os dois clubes e que deixou o clube mandante em 5º lugar no Campeonato Paulista, com 22% de chances de se classificar para as Semifinais, segundo o site Infobola, do matemático Tristão Garcia.

O pequeno número de torcedores no estádio é ainda mais lamentável pelo fato de o jogo ter sido no dia do aniversário do município (59 anos) e do clube (19 anos). Um funcionário do Barueri me explicou que o jogo tinha a concorrência de um show (grátis) na cidade. Será que ninguém pensou em organizar uma festa na própria arena, antes ou depois do jogo, aproveitando data tão significativa?

Leia aqui a matéria do jogo no site oficial do Grêmio Barueri, que faz referência ao aniversário.

Apesar dessa pequena observação, o saldo da Arena Barueri, que é o foco deste post, é amplamente positivo. Trata-se do estádio mais moderno do Estado de São Paulo e oferece ótimas acomodações para torcedores, jogadores, árbitros, jornalistas e demais profissionais que trabalham num jogo de futebol.

Vale destacar os camarotes, que oferecem muito conforto ao torcedor (ao custo de R$ 50), e a conexão de banda larga sem fio disponível para acesso à Internet (que eu utilizei para escrever um comentário no post do Amir).

Se quiser outras informações (e fotos) da Arena Barueri, clique aqui.

Para finalizar, uma breve análise das médias de público e renda. Neste Campeonato Paulista o Barueri já atuou 8 vezes em seu estádio, com média de 5.286,38 pagantes e renda de R$ 78.592,50. Pode não parecer muito (e de fato não é), mas está bem próximo das médias do Santos na Vila Belmiro.

Foram 3 jogos com mais de 10 mil torcedores presentes (Corinthians, Ponte Preta e Bragantino) e 5 (incluindo o de ontem) com cerca de 2 mil pessoas. A partida que falta é contra o Palmeiras, na última rodada, o que deve elevar as médias.

Já no Campeonato Brasileiro da Série B do ano passado, as médias são mais animadoras. Segundo estatísticas do site da CBF, o Barueri ficou com a 6ª melhor média de público e renda entre os 20 clubes da competição.

A média de público foi de 9.774 pagantes e R$ 100.649,06 de renda (em 18 jogos), atrás apenas de Coritiba, Vitória, Santa Cruz, Ceará e Fortaleza, clubes com muito mais tradição e torcida do que o jovem time da Grande São Paulo.

Para se ter uma idéia, o Barueri teve uma média de público na Série B de 2007 superior a 5 equipes que jogaram a Série A:

  • América-RN – 9.370
  • Figueirense – 8.903
  • Paraná – 8.766
  • Santos – 8.424
  • Juventude – 6.032


O Barueri é um exemplo da importância de um clube possuir um estádio que ofereça conforto ao torcedor. Se um time relativamente novo e pequeno consegue atrair bons públicos, imagine as equipes de massa.

Clubes tradicionais como Atlético-MG, Corinthians, Cruzeiro, Grêmio e Ponte Preta estão discutindo projetos de novos campos. Outros como Atlético-PR, Figueirense, Internacional, Palmeiras e São Paulo FC preparam alterações significativas nos estádios que já possuem.

E você, leitor? Conhece a Arena Barueri? O que acha desse movimento de construção de novas arenas e reforma das existentes?

Anúncios

Responses

  1. Nunca estive na Arena de Barueri, mas sempre ouvi ótimas recomendações.

    Os clubes de massa deviam seguir o exemplo, e parece que agora acordaram que uma arena representa muito mais do que receber torcedores para as partidas e utiliza-los como arma para vencer os jogos.

    É preciso que estes clubes revejam as estruturas de seus estadios e amplie o espaço do mesmo para gerar um aumento no fluxo de pessoas e de atividades no sentido de maximizar a renda. Ter um estádio multi funcional é de suma importância no mercado atual.

    Parabéns ao Barueri!

    Uma dúvida: Existe alguma parceria envolvida com o clube? Me chama atenção um clube de pouca história e do tamanho do Barueri dispor de recursos para tantas reformas e relativamente conseguir manter um time competitivo.

    Abraços,

    Olá Sergio,
    Pode ter certeza de que vale a visita.
    Sobre a sua dúvida, de fato o estádio só foi contruído porque a Prefeitura de Barueri viabilizou.
    Para entender melhor, vale a pena ler o item “Histórico da obra” no link: http://www.grbarueri.com.br/site2007/news_detalhes.asp?cng_ukey=392541357384KEX7LR
    Reproduzo aqui dois parágrafos que explicam (e tentam justificar) o modelo de construção:

    – O novo estádio municipal da cidade de Barueri, denominado ARENA BARUERI é de propriedade da população por intermédio da Prefeitura Municipal. A título de comodato o poder público cedeu o patrimônio para ser conservado e administrado pela ONG Grêmio Recreativo Barueri. Diferente do que muitas pessoas imaginam o estádio não foi reformado. Ao contrário. O estádio antigo foi totalmente demolido e a obra é totalmente nova.
    – O novo estádio municipal poderia ser construído de uma só vez. Porém, para não prejudicar os diversos investimentos na área social a Prefeitura de Barueri está erguendo a nova arena por etapas. Embora tenha sido inaugurado com instalações ainda modestas, o novo estádio já está em conformidade e dentro das exigências das entidades federativas e dos demais órgãos e leis competentes.

    A participação de prefeituras em clubes de futebol é polêmica e sempre gera muitas críticas. Eu mesmo admito que ainda não tenho uma opinião definitiva sobre o assunto…
    Abs, Marcos

  2. O post vai muito além de um comentário: é completo e esclarecedor. Gostei do que li e vou acompanhar mais, com certeza.
    abs

    Seja bem-vinda Carol!
    Espero que volte mais vezes! 😉
    Abs, Marcos

  3. Gosto de ver novos estádios no Brasil, principalmente quando trazem conforto para quem vai até ele. No entanto, me preocupa quando um estádio é construído com dinheiro público e o clube que o utiliza só começa a crescer esportivamente quando recebe apoio financeiro da prefeitura. Normalmente esse tipo de apoio é cobrado mais tarde quando as eleições se aproximam, lembrem-se do São Caetano.

    Olá Gilson,
    Sua preocupação faz todo sentido.
    Em casos assim precisamos ficar de olho…
    Abs, Marcos

  4. Gilson e Marcos,

    Apenas para esclarecer o Barueri recebe um aporte de recursos anual da Prefeitura, mas a menor parte é destinada ao futebol.

    O restante é utilizado para diferentes ações para a comunidade, que consomem a maior parte dos recursos.

    Acredito que esse assunto, dinheiro público no esporte, merece muitos posts.

    Um abraço.

    Amir

  5. O Flamengo também pretende construtir uma arena na Gávea, porém está tendo sérias dificuldades na autorização do projeto pelo governo.

    Olá Bufolino,
    O interesse do Flamengo em fazer uma nova arena na Gávea realmente existe (e faz tempo), mas cada vez fica mais distante.
    Primeiro pelos entraves governamentais e pelo impacto que causaria no bairro, como você mencionou muito bem.
    Segundo porque seria um estádio pequeno demais para a imensa torcida rubro-negra, não acha?
    Continue participando!
    Abs, Marcos

  6. Amir,
    não tenho dados para saber o quanto a prefeitura investe no Grêmio Barueri, mas o fato de investir, mesmo que pouco é errado em minha opinião. Dos jornalistas esportivos que vejo falar do clube, todos dizem que o Barueri segue o modelo de investimento público que faz um clube privado crescer e que por isso, ele não serve de modelo para outros clubes brasileiros.

    Marcos,
    O Márcio Braga é uma pessoa que algumas vezes tem ótimas tiradas e sobre a Arena da Gávea ele disse que ela serviria para jogos médios do Flamengo, pois para jogos grandes apenas o Maracanã pode receber a torcida do Flamengo.

    Isso é uma brincadeira.

    Um abraço.

    Salve Gilson!

    Eu concordo que o modelo de Barueri e São Caetano não serve para outros clubes e não deve ser incentivado.
    Deveria haver uma legislação e/ou fiscalização mais efetiva sobre isso.

    Em relação ao Flamengo, imagina só o absurdo: contruir uma arena nova e moderna para NÃO jogar lá nas partidas grandes!
    O que os patrocinadores e donos de cativa/camarotes diriam disso?

    Abs, Marcos

  7. Olá Gilson,

    A prefeitura investe cerca de R$ 15 milhões/ano no Barueri, e a grande parte é destinada ao projetos sociais tocados pelo clube e por uma ONG.

    Sou contrário ao uso de dinheiro público em clubes de futebol, apenas acho importante esclarecer que os recursos não são utilizados em sua grande parte para montar uma equipe de ponta e sim para atender a sociedade local.

    O ideal é o clube desenvolver um negócio sustentável e usar os R$ 15 milhões somente para os projetos sociais.

    Um abraço.

    Amir

  8. Marcos,
    estive pela primeira vez na Arena de Barueri no mesmo dia. Fomos juntos. Apesar de incompleto e menor a estrutura de acesso, cabines, elevadores… lembra muito estádios de Copa do Mundo. Mas a relação promíscua do clube com a prefeitura tem que ser ressaltada sempre. Até o ano passado, a prefeitura bancava a folha de pagamento. Basta olhar as casas em volta (uma das fotos mostra), basta olhar as avenidas de acesso e se perguntar: será que o dinheiro da população não seria muito melhor aproveitado em outros projetos? Futebol atende a uma minoria, que joga ou que vai ao estádio. Dinheiro público não pode ser aplicado assim. Vale lembrar que a mesma prefeitura já construiu um maravilhoso ginásio poliesportivo (usado no Mundial de basquete) que vive às moscas.

    Olá Milton, é bom “vê-lo” por aqui. Apareça sempre!
    Realmente a imagem das casas ao redor do estádio é muito triste.
    Não tenho dúvida de que o dinheiro da Prefeitura deveria ser investido em outras frentes mais importantes do que um time e/ou estádio de futebol. É uma pena que as autoridades competentes não fiscalizem isso. Falta transparência!
    Para ajudar nessa discussão, vou pedir ao Amir que faça um post com os dados dos últimos balanços do Barueri.
    Abs, Marcos

  9. Pelo que sei, Marcos, a prefeitura até 2007 pagava 400.000 mensais ao Barueri – para a manutenção do time de futebol, bem entendido.

    Não conheço os números de 2008, mas a intenção do clube e da prefeitura era reduzir o aporte significativamente, à medida que o clube fosse se tornando sustentável pelos próprios meios.

    Nunca é demais destacar que Barueri e São Caetano do Sul são municípios que podem ser chamados de ricos no contexto brasileiro.
    Barueri, por sinal, tem excelentes índices sociais e, curiosamente, assim como Cotia, a rede de saúde do município atende moradores de São Paulo, Osasco, Carapicuíba…

    A princípio não sou contra investimento público em estádios e esporte, mesmo que num time de futebol. A princípio, pois na prática brasileira sou contra.
    Entretanto, essas duas cidades e muitas outras do interior paulista podem direcionar recursos para o futebol, desde que de forma transparente, sem com isso submeter a população a sacrifícios. Cada caso deve ser analisado individualmente.

    Sou meio vizinho de Barueri, pois moro na Granja Viana, e da minha casa ao estádio não é longe.
    Vale mesmo a pena conhecer.

    Olá Emerson, obrigado pela visita!
    O que pega em casos como de Barueri e São Caetano é exatamente essa falta de trasnsparência.
    É possível que esse investimento das Prefeituras no esporte seja revertido para a população, mas isso não fica claro.
    Como escrevi pro Milton, vou pedir pro Amir postar dados financeiros do Barueri, já que o balanço referente ao exercício de 2007 deve ser divulgado em breve.
    E já que você mora perto, podemos combinar uma visita à Arena Barueri para nos conhecermos, que tal?
    Escreva mais vezes!
    Abs, Marcos

  10. Vamos fazer isso, Marcos, será um prazer.

    E por falar em arenas, acabei de chegar da simpaticíssima “arena” Nicolau Alayon, onde assisti ao também simpático Nacional – o Naça – vencer o São Carlos por 2×0.

    Pouca gente a bordo, o que é uma pena, pois é um jogo diferente, a gente ali, do lado dos jogadores, um outro clima, muito agradável.

    Recomendo aos leitores fazer esse programa de vez em quando, vale a pena e é barato.

    Legal Emerson!
    Deixa começar a Série B que a gente combina…
    Esses jogos menos badalados realmente são um grande programa.
    Nicolau Alayon e Rua Javari deveriam ser programas obrigatórios para quem gosta de futebol.
    Eu também recomendo! 😉
    Abs, Marcos

  11. Fui à Arena Barueri no início do ano. Assisti à partida Palmeiras x Setãozinho. Gostei mto de lá. As instalações e localização – cheguei por CPTM – eram mto boas.
    Os funcionários eram bem educados e orientavam mto bem nós torcedores.
    No intervalo, desci para ir ao banheiro e comer alguma coisa. Fiquei surpreso com a preservação do banheiro e a organização para comprar um Hot-dog. Fora que não tinha lixo em excesso nas arquibancadas.
    Já na saída, os corredores e escadas amplas ajudam, e mto, no esvaziamento do estádio. Menos de 3 min eu tava fora.

    Ótimo estádio, espero que concluam e que eu volte em breve.

    Abraços

    Seja bem-vindo Ricardo! E obrigado pelo ótimo depoimento!
    Também torço para que a Arena Barueri seja concluída e pretendo voltar em breve.
    E espero que você volte mais vezes ao nosso blog também…
    Abs, Marcos

  12. Ledo engano quem afirma que a Arena Barueri foi concedida ao Grêmio Barueri por comodato. Na verdade, qualquer time que quiser utilizar o estádio poderá utiliza-lo, desde que pague uma uma taxa pública, em conformidade com o Regulamento de Uso do Estádio.
    E o procedimento não é diferente com o Grêmio Barueri, que, a cada jogo, recolhe aos cofres públicos certa quantia para poder utilizar a Arena.
    Para aqueles que dizem que há dinheiro público no Grêmio Barueri, taí a prova de que isso faz parte do passado.
    Abraços,
    Sergio Dias

  13. estou muito feliz em morrar em barueri e ter na cidade um time disputando o paulista e que vai para o brasileirão tambem.

    Parabens barueri

    ass:Thiago

  14. vou quase todos os jogos na arena, é um estadio espetacular é ótimo assistir é facil chegar lá
    barueri está de parabens, enquanto falam em construir arenas para copa de 2014. barueri já tem.

  15. Adorei a arena de barueri,estadio moderno, confortavel e bonito.
    a prefeitura constuiu a arena,mas o gremio barueri
    sobrevive com os seus patrocinios,assim como qualquer clube.
    a cidade de barueri é muito bem administrada
    porque tem um prefeito competente.
    juntando competencia e dinheiro da nisso
    sucesso é tanto que abala as estruturas do juca kfuri. parabéns barueri nós moradores agradecemos.abrços

  16. ficou muito bonita

  17. eu quero muito ir no jogo baurueri como fasso pra encontrar ingresso????????

  18. Hoje é um dia muito especial para a cidade de Barueri, meu mengão vai jogar a i, deve estar uma festa nessa cidade, tomara que o mengão arrebenta no jogo hoje.

  19. Quase fui à Arena hoje. O SP joga às 17h. e estive na Justiça do Trabalho às 14h. Contudo não foi possível, pois estamos numa época de chuva e o estádio não possui nenhuma cobertura. Uma pena!

  20. estadio muito lindo espero q o corinthians mande seus jogos ai logo welton de petrolina pernambuco

  21. Parabens a Cidade Barueri e regiao, estadio confortavel para o nosso futebol brasielrio diante de qualquer equipe que nele estiver em atividade futibolistica, com chances de ate mesmo cediar partidas e treinamentos para copa de 2014.
    Um abraço a todos que fizeram a contrução de belissimo estadio…
    Jose Carlos Osasco SP vizinho…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: