Publicado por: Marcos Silveira | 18/fevereiro/2008

Você apostaria na Timemania?

Nesta segunda-feira (18/02), às 15 horas, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro do Esporte, Orlando Silva, lançam oficialmente a Timemania no Palácio do Planalto. A cerimônia deve ter também a presenca do presidente da CBF, Ricardo Teixeira, de Pelé e de representantes de clubes.

Na última quinta-feira foi divulgado o volante que será usado para apostar na nova loteria, como você pode conferir:

Volante da Timemania

A Timemania é apontada por muitas pessoas (principalmente dirigentes) como a salvação dos clubes de futebol, já que o objetivo principal da loteria é regularizar a situação fiscal das agremiações com a União.

A previsão da Caixa Econômica Federal é arrecadar R$ 520 milhões nos primeiros 12 meses do novo jogo. Mas será que essa estimativa não está um tanto quanto superdimensionada para um produto que ainda precisa conquistar os apostadores?

Acredito que a Timemania teria de “cair nas gracas” da torcida rapidamente para cumprir essa expectativa. E sinceramente não vejo muito entusiasmo das pessoas em relação à nova loteria.

Um dos possíveis motivos para essa falta de empolgação é o cenário vigente da administração dos clubes, que não costuma ter muita transparência. A maioria dos potenciais apostadores da Timemania não confia que o dinheiro arrecadado vai REALMENTE melhorar o quadro atual e por isso fica reticente.

Do total arrecadado pela Timemania, 22% vão para os clubes que aderiram. Mas esse montante é destinado ao pagamento de dívidas com o INSS, FGTS, Receita Federal e outros impostos devidos à União.

É nessa questão dos débitos que reside o grande perigo da nova loteria. Ao aderir à Timemania, os clubes foram obrigados a assumir as dívidas que tinham (muitas delas sob júdice) e se comprometeram a pagá-las.

Ou seja: a novidade que nasce para ser a salvação dos clubes pode se tornar uma armadilha, como bem explica a reportagem do Globoesporte.com.

Encerro com a pergunta que está no titulo deste post e que vale por duas: Você apostaria na Timemania? (Para responder peço que considere dois significados do verbo “apostar”: ACREDITAR e JOGAR)


Responses

  1. Marcos, como cidadão eu não aposto na TIMEMANIA em nenhum dos vieses dados por você no significado do apostar por uma questão muito simples : eu sou radicalmente contra jogar para a sociedade, sobretudo os mais desfavorecidos, uma conta gerada pela incompetência administrativa, ou mais do que isso, de poucos. Isso vale pra tudo, pra PROER, pra CPMF e vale essa minha crença pro futebol também.

    Valeu Robert!
    Também tenho restrições aos chamados “jogos de azar” e não gasto meu dinheiro nisso.
    A incompetência administrativa deveria ser punida e não premiada com a criação de loterias.
    Eu acabei não falando para não crescer o post, mas outro obstáculo da Timemania é a concorrência com a já consagrada Loteria Esportiva, que além de popular é mais barata.
    Abs, Marcos

  2. Ia pedir essa pauta.
    Esse volante é a assinatura do atestado de incompetência dos cartolas do futebol, até porque não podemos chamar esses indivíduos de dirigentes, só se for os dirigentes que dirigiram os clubes para o abismo financeiro.

    O pior, Ricardo, é que os cartolas estão cada vez mais cantando o mesmo coro.
    Quando a Timemania começou a ser discutida, muitos dirigentes foram contra (lembro do Eurico, no Vasco, e de vários do SPFC). Mas TODOS acabaram aceitando a nova loteria sem grandes contestações.
    Ainda hoje o Amir vai postar uma projeção interessante sobre os números que podem piorar ainda mais a situação financeira já calamitosa de muitos clubes.
    Abs, Marcos

  3. Parece que meu destino é navegar na contracorrente.

    Sim, Marcos, até vou apostar na Timemania (quase sempre quando estou em viagem para o sítio, faço um joguinho básico na Megassena). Inicialmente, claro, por curiosidade. Depois, veremos, poderei ou não continuar apostando esporadicamente.

    Nunca encarei essa loteria como o maná dos clubes, e ao contrário da gritaria de parte da imprensa, eu a considero muito mais interessante para a Receita do que para a maioria dos clubes. Por muitos motivos, mas prefiro não me alongar agora. Tão logo sobre um tempinho vou escrever a respeito.

    Acho viável a previsão de 500 ou 520 milhões, pois ela foi feita, salvo engano, pelos técnicos da própria CEF. Acredito que tenham bases para fazer isso.

    Vale dizer que a Esportiva meramente se arrasta, com baixíssimo volume de apostas. Uma nova loteria, com os símbolos dos clubes, pode, muito bem, sepultá-la de vez ou comer parte de seu mercado, o que também fará com outros produtos da CEF.

    O torcedor que pensa alguma coisa sobre a administração do seu clube… Bom, sei lá, mas se chegar a 2% (dois, mesmo, e não vinte) já é muito.
    Um bom exemplo é a torcida vascaína. Basta perguntar a meia dúzia de torcedores do clube sobre Eurico e a avaliação será positiva. Na pior das hipóteses, e bota pior nisso, dará empate.

    Quanto ao jogo em si, não tenho uma visão muito extremada a respeito. Sou contrário aos jogos de azar em cassinos e equivalentes, e embora me desagrade o excesso de loterias que temos por aqui, não creio que seja nosso maior problema, tampouco indicativo de baixo índice de desenvolvimento. BAsta ver que a instituição loteria existe em todo o mundo, praticamente, e pelo que sei vai muito bem, obrigado.

    O grande abacaxi vai ficar, verdadeiramente, com os clubes. Alguns, como o São Paulo, Internacional, Cruzeiro, vão se beneficiar bastante. Outros, com dívidas gigantescas terão sérios problemas para cumprir o que assinaram e onde está o grande lance da Receita: se não pagarem as contribuições correntes em dia, serão excluídos da Loteria.

    Se fosse um jogo, eu diria que o placar foi, ou é, de 3×1. Para a Receita.

    Você não está tão contracorrente assim, Emerson… hehe
    Eu não acredito na Timemania por entender que premia a má gestão dos clubes, mas vejo a nova loteria como um golaço da União, que finalmente vai conseguir receber as dívidas acumuladas pelos clubes. Ou seja: concordamos que a Receita vai se beneficiar.
    Sobre a previsão de arrecadação, talvez eu tenha sido muito rigoroso. De fato os técnicos da CEF devem ter um embasamento para chegar a tal estimativa. Mas bem que eles poderiam informar os critérios utilizados e revelar os números das loterias já existentes. O que eu consegui encontrar (via Google) é que o total bruto arrecadado em 2007 superou os R$ 5 bilhões.
    O ponto que eu discordo de você é sobre a Esportiva. Entendo que o apostador/torcedor prefere “fazer uma fézinha” no jogo em que pode palpitar sobre os resultados dentro de campo, ou seja, na loteria que já existe. A Timemania terá, no entanto, o fator novidade a seu favor. Só teremos certeza mesmo daqui alguns meses…
    Fico no aguardo para ler seu texto sobre o assunto no Olhar Crônico Esportivo. Mas é claro que você pode comentar mais por aqui também!😉
    Abs, Marcos

  4. Vou esperar os números do Amir para dar mais conteúdo ao que estou escrevendo sobre a TM.

    :o)

    O Amir já postou, Emerson.
    Espero que ajude no seu texto.
    O importante é trocarmos informações e opiniões!
    Abs, Marcos

  5. Aposto, e cravo Timão. Um país que aposta com dinheiro indo todo pra Governo e Banco, através de mega-senas, duplas, quinas, lotomanias… E chega a até apostar com o dinheiro indo todo pras mafiazinhas do jogo do bicho… deixa os times ganharem um pouquinho nisso tb… Quanta onda! Acho que o importante é fazer a minha parte pra alcançar o que quero, que é ir ao estádio e ver alguma qualidade técnica em campo, ou mesmo pela tv. E o importante é saber que há uma corrida nessa história (que certamente vai embalar), que trata-se de até 2010 verificar através dos “times do coração”, quais times vão ganhar mais no barato. Acho que é isso.

    Seja bem-vindo, Pedro!
    Deixa eu ver se entendi: você acha que a Timemania é o menor dos males, é isso?
    A loteria deve ter uma boa procura neste começo, graças a intensa campanha de divulgação.
    Mas tenho certeza que se os clubes tivessem uma gestão profissional e um projeto de marketing estratégico JAMAIS iriam precisam de “favores” desse tipo.
    Volte sempre!
    Abs, Marcos

  6. Não apostaria nem morto. Eles se endividam, e eu que pago a conta? Tô fora…

    Seja bem-vindo Marcus Vinicius!
    Eu e muitas pessoas concordamos com você.
    Como foi falado no meu post e no post do Amir sobre o assunto, a maior benficiada com a nova loteria é a União, que vai receber dívidas que nunca seriam pagas pelos clubes.
    Tenho esperança que o futebol se profissionalize para acabar com soluções paliativas como essa.
    Abs, Marcos

  7. Não apostarei.

    Se a União quer receber o valor devido dos clubes, que os processe, e que processe seus dirigentes. Não sou eu quem vou pagar a conta (de novo, pois já paguei o ingresso do jogo, o pacote do pay-per-view, a camisa oficial…).

    Assino embaixo, Ricardo!
    Se a União cobrasse o que os clubes devem de verdade, sem paternalismos, muito provavelmente o nosso futebol já estaria num patamar superior. Temo que a Timemania seja um incentivo para a continuidade do que vemos hoje, com gastos excessivos em contratações e salários, além da manutenção da dependência da venda de jogadores.
    Volte sempre!
    Abs, Marcos

  8. Voltarei. O Blog já está “favoritado”.

    Abraços,
    Ricardo.

    Mais uma vez obrigado, Ricardo!😉
    Abs, Marcos


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: